Cidadeverde.com

Chefe do Parque Serra da Capivara é perseguida em BR e aciona polícia

  • capivara7.jpg Yala Sena
  • capivara6.jpg Yala Sena
  • capivara5.jpg Yala Sena
  • capivara4.jpg Yala Sena
  • capivara2.jpg Yala Sena
  • capivara1.jpg Yala Sena
  • serra12.jpg Yala Sena
  • serra11.jpg Yala Sena
  • serra10.jpg Yala Sena
  • serra9.jpg Yala Sena
  • serra8.jpg Yala Sena
  • serra6.jpg Yala Sena
  • serra5.jpg Yala Sena
  • serra4.jpg Yala Sena
  • serra3.jpg Yala Sena
  • serra2.jpg Yala Sena
  • serra1.jpg Yala Sena

A chefe do Parque Nacional Serra da Capivara, Marrian Helen da Silva Gomes Rodrigues, registrou boletim de ocorrência nesta segunda-feira (20) denunciando que foi perseguida em seu veículo quando saia do trabalho por volta das 19h30 da última sexta-feira (17).

Marrian, que comanda o parque há um ano, relatou que estava em seu veículo, um Chevrolet Spin, quando foi abordada por duas pessoas em uma moto. Ela contou que um dos rapazes bateu por várias vezes  no vidro do veículo para que ela pudesse abrir a janela. Ela não obedeceu e aumentou a velocidade e perdeu o controle do carro.  Marian estava na BR-020 e se deslocava de São Raimundo Nonato para Coronel José Dias. 

"Eu me assustei, perdi o controle do veículo e sai da pista. Sair correndo, pulei uma porteira e cheguei em uma residência e pedi socorro", conta Marrian.

Ela disse que ficou com medo e ainda está assustada com o ocorrido.

"Não levaram nada", disse Marrian.

A chefe do parque estava sozinha no veículo. Ela disse que não vem recebendo ameaças. 

A Polícia abriu inquérito e apura se houve ameaças ou tentativa de intimidações. Há histórico de confronto entre direção do parque e caçadores que teimam em invadir a região e caçar em área proibida. O inquérito será presidido pelo delegado Carlos Francelmo Oliveira.   

A deputada federal, Margarete Coelho (Progressistas) usou as redes sociais e condenou as ameaças a diretora do parque.

 

 

 

Flash Yala Sena
[email protected]