Oficinas e curso de gestão serão realizados em Bertolínia e Floriano

Esta semana, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí,  realiza cursos em Floriano e Bertolínia, municípios situados ao sul do Estado. As capacitações são voltadas para empresários e Microempreendedores Individuais, MEI.

Em Bertolínia, acontece a partir de amanhã (24) até sexta-feira (25), as Oficinas SEI Controlar Meu Dinheiro e SEI Planejar. O objetivo é capacitar os MEI para melhorar a gestão de seus negócios e promover o fortalecimento desses empreendimentos no mercado.

As inscrições para as oficinas são gratuitas e devem ser feitas na Sala do Empreendedor, localizada na Prefeitura Municipal de Bertolínia, na Av. Presidente Médici, S/N – Centro. As capacitações serão ministradas na Câmara Municipal da cidade.

Para a gestora do Projeto Desenvolvimento Empresarial da Região de Floriano, Cláudia Borges, as oficinas são oportunidades de qualificação para os empresários. “A maioria dos MEI possuem dificuldades na gestão de seus negócios. Os cursos auxiliam na organização e no preparo para o mercado”, explica Cláudia.

Já em Floriano, será realizado, de sexta-feira (25) a domingo (27), o Curso Gestão Financeira NaMedida, com 20 horas presenciais, além de duas horas de consultoria por empresa.

Esta capacitação desenvolve nos participantes atitudes proativas para um gerenciamento eficiente dos aspectos financeiros, utilizando instrumentos que possibilitam análises coerentes do caixa da empresa para tomadas de decisões acertadas. A idéia é alcançar resultados positivos e lucros satisfatórios.

As inscrições podem ser feitas até sexta-feira (25) na sede do Sebrae em Floriano, localizada na Av. Eurípedes de Aguiar, nº. 419 – Centro. O investimento na capacitação é de apenas R$ 45,00.

Maiores informações sobre os cursos ofertados pelo Sebrae em Floriano podem ser obtidas na sede da instituição naquela cidade ou pelos telefones (89) 3522-3164 / 3521-1001.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Bando amarra motorista e rouba 36 pneus do caminhão

Um caminhoneiro foi encapuzado e amarrado por bandidos durante roubo dos 36 pneus de uma carreta, no município de Nossa Senhora de Nazaré, a 110 km de Teresina. A modalidade tem se tornado comum em municípios da região sul do Estado e o principal objetivo é a comercialização dos pneus, avaliados em R$ 100 mil.

                          Fotos: Florianonews

Segundo o comandante da Polícia Militar de Floriano, tenente-coronel Lisandro Honório, os bandidos agem sempre do mesmo modo e abordam as vítimas, geralmente, em postos de combustíveis. 

"Os motoristas param para descansar e estacionam o caminhão em um posto de combustíveis. Os bandidos chegam em outro caminhão, aproveitam que as vítimas estão dormindo e se dividem em dois grupos: Um vai com o motorista e o outro segue em outra carreta", explica o comandante. 



Seis bandidos participaram da ação criminosa que durou cerca de 4h. Policiais civis, militares e rodoviários apuram o caso, mas até o momento, ninguém foi identificado. 

"A vítima só conseguiu pedir ajuda na madrugada de segunda-feira, após conseguir se soltar. O que chama a atenção é a maneira como os bandidos agem, sempre de maneira muito rápida. Desta vez, o bando não teve tempo de levar o caminhão utilizado na ação que também ficou abandonado no local", finaliza tenente-coronel Lisandro Honório. 

Em junho deste ano, o caminhoneiro Alexandre Damasceno foi mantido refém ao estacionar o veículo em um posto de combustíveis também na BR-230, em Floriano. O motorista estava dormindo e foi surpreendido pelo bando que o conduziu a uma estrada vicinal, na comunidade Rio Branco, zona rural do município. No local, os bandidos levaram os 36 pneus do caminhão.


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Polícia cumpre mandado e apreende mudas de maconha em residência

A Polícia Militar de Floriano apreendeu crack, oito mudas de maconha e mais dois pés da planta em uma residência no município de Itaueira, a 344 km de Teresina. De acordo com a delegada do 2º DP de Floriano, Luana Alves,o acusado era procurado há pelo menos dois anos e foi preso em cumprimento a um mandado de Busca e Apreensão. 



O suspeito, identificado como Renegildo Vieira do Nascimento, foi preso nesta quarta-feira (16) dentro da própria residência no povoado Capim Grosso e não ofereceu resistência durante abordagem policial. 

O acusado será autuado pelo crime de tráfico de drogas e será levado a Penitenciária Vereda Grande, em Floriano. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Gringo que se "perdeu" no PI foi preso e fingiu ser surdo-mudo

O suposto argentino que está está no Piauí e teria vindo ao Brasil procurar emprego durante a Copa já foi preso no município de Floriano, a 244 km de Teresina. A Delegada 2º Distrito Policial de Floriano, Luana Alves, conta que Adols Arata Huillcahuaman, 27 anos, se identificou como peruano e foi encaminhado à Penitenciária Vereda Grande sob a acusação de violência doméstica.


A prisão ocorreu no mês de junho após denúncia da ex-companheira, grávida de quatro meses. Os dois se conheceram na rodoviária de Floriano, no dia em ele embarcaria para Goias.

"Até o momento a única informação que procede é que ele perdeu os documentos em Goiás, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência. Em Floriano, a mulher o denunciou por violência doméstica e tinha marcas de agressão no olho. Ela conta que as agressões começaram porque ele queria que a companheira se prostituísse para conseguir dinheiro", explica Luana Alves. 

Em Floriano, o gringo teria também enganado um capitão do Ronda Cidadão, que chegou a comprar uma passagem para uma viagem interestadual. 


"Ele pediu dinheiro e o PM se solidarizou, mas resolveu não entregar o dinheiro e comprou o bilhete. No dia da viagem, o capitão foi à rodoviária e esperou o embarque, mas o estrangeiro não embarcou e disse que ficaria em Floriano com uma mulher , a mesma que ele teria agredido", reitera a delegada. 

A dona de uma pousada em Gilbués, onde o estrangeiro esteve hospedado por dois dias, revelou que  Adols Arata saiu do município sábado (05), com destino a Teresina. A proprietária acrescenta ainda que ele teria esquecido na pensão bilhetes de viagens, onde constam que o mesmo teria deficiência na fala e na audição.

"Ele esqueceu as passagens em cima da cama que mostram que ele embarcou de Canto do Buriti e tinha como destino Brasília, mas ele desembarcou em Gilbués, fingindo passar mal. Desconfiei que tinha algo errado, porque ele falava português normalmente e na passagem vi que ele conseguiu o bilhete como surdo-mudo", disse a dona da pensão. 

As despesas no interior do Piauí foram pagas pela prefeitura de Gilbués que ainda se responsabilizou por comprar passagens para Teresina. "Ainda hoje ele afirma que em Teresina tem consulado e a prefeitura ia comprar passagens para ele ir a Goias, mas ele não quis e disse que só queria se fosse para Teresina", finaliza. 


Matéria relacionada



Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Homem tenta separar briga da esposa e morre esfaqueado

O homem identificado como Dagoberto Antonio Mendes dos Santos, conhecido como Paulista, 32 anos, foi morto com um golpe de faca no prédio onde funcionava o Centro Social Urbano, em Floriano. O crime ocorreu nesta quarta-feira (02) e a acusada identificada como Patrícia Marriete Veloso, 27 anos, foi presa escondida debaixo de uma mesa.

O crime ocorreu após uma discussão entre a acusada, que está grávida de seis meses, e a esposa da vítima. 

"Eles moram em uma casa abandonada e também são acusados de participar de alguns furtos na região. A esposa da vítima Daiana dos Santos estava discutindo com a acusada e o Paulista tentou separar a briga e acabou sendo esfaqueado e morreu na hora", explica a Delegada Luana Alves, do 2º Distrito Policial. 

Após o homicídio, Patrícia Marriete fugiu para casa da mãe e ao avistar a polícia, se escondeu embaixo da mesa. A arma utilizada no crime não foi encontrada. 

"Ela fugiu mas foi presa quase duas horas após o crime. Agora será encaminhada à penitenciária feminina", finaliza Luana Alves. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Dez professores são trancados em escola e Polícia abre investigação

Professores do Centro Estadual de Educação Profissional Calisto Lobo, no município de Floriano, foram trancados dentro da escola por manifestantes que protestavam por melhorias na rua Emídio Rocha, no Bairro Irapuá I. Os acusados são moradores que ainda atearam fogo no pátio da unidade escolar. O Corpo de Bombeiros foi acionado e ninguém saiu ferido. 

Fotos: Divulgação

Segundo a Delegada 2º Distrito Policial de Floriano, Luana Alves, os manifestantes realizavam um protesto por melhorias no esgotamento sanitário da via.

"Os professores não queriam participar do protesto, então os moradores pegaram uma corrente e um cadeado de casa, levaram eles para dentro da escola e atearam fogo no pátio para ninguém sair. Os acusados dizem que os professores são omissos e não querem ajudar conseguir melhorias para a rua", explica Luana Alves. 


Ainda segundo a delegada, cerca de 10 professores prestaram depoimento nesta quinta-feira (03) e a Polícia Civil tenta descobrir quem participou diretamente da ação. 

"Colhemos depoimentos e sabemos que várias pessoas ajudaram a levar as vítimas, mas três moradores participaram mais ativamente, trancando os professores lá dentro e podem responder pelo crime de cárcere privado e incêndio", reitera. 

O prefeito de Floriano, Gilberto Guerra Júnior, informou que o trecho será contemplado dentro da 2ª fase de esgotamento sanitário. 


"O secretário de Infraestrutura de Floriano, George Everton, já foi ao local e fez um levantamento das condições. O município já passou pela primeira fase de obras e agora daremos início à 2ª fase. Nossa intenção é contemplar todas as ruas com problemas", disse o prefeito. 

Esta não é a primeira vez, que ocorre um protesto por melhorias na rua. Em maio, alunos impossibilitados de entrar na escola por conta de um alagamento que se formou após forte chuva, protestaram pacificamente. 

Delegada Luana Alves


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Bando aborda caminhoneiro e leva 36 pneus avaliados em quase R$ 100 mil

Um caminhoneiro identificado como Alexandre Damasceno foi mantido refém ao estacionar o veículo em um posto de combustíveis na BR-230, em Floriano. O motorista estava dormindo e foi surpreendido pelo bando que o conduziu a uma estrada vicinal, na comunidade Rio Branco, zona rural do município. No local, os bandidos levaram 36 pneus do caminhão, avaliados em quase R$ 100 mil.

                             Fotos: Piauinoticias

De acordo com o inspetor B.Oliveira, do posto da Polícia Rodoviária Federal de Floriano, imagens das câmeras de segurança do posto de combustíveis mostram que os bandidos chegaram em duas carretas. 


"A vítima estava dormindo e os bandidos chegaram em dois caminhões, quebraram o vidro do carro e abordaram a vítima. Em seguida, as duas carretas seguiram e o caminhão de Alexandre Damasceno foi em seguida, com ele e cerca de três bandidos na cabine", explica o inspetor. 

A vítima transportava sacos de cimentos, que não foram levados pelo bando. Pertences pessoais da vítima, como aparelho celular e TV de cabine, foram subtraídos. 

O caso ocorreu na madrugada deste domingo (22) e na manhã de hoje, o veículo ainda estava no local. Ainda não há pistas sobre os acusados e o caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Floriano. 


"O caso não é muito comum, mas recentemente, ocorreu um registro em Uruçuí com o mesmo de operação. Os bandidos podem ser os mesmos e a intenção é vender os pneus, avaliados em mais de R$ 80 mil", finaliza o inspetor B. Oliveira. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Pescador morre eletrocutado as margens do Rio Parnaíba

Mais um piauiense morreu eletrocutado no Piauí, nesta semana. O homem identificado como Antonio Amaro de Sousa, 59 anos, morreu às margens do Rio Parnaíba, em Floriano, nesta quinta-feira (19). No Estado, em dez dias foram registradas seis mortes por descarga elétrica.

                         Foto: Piauinoticias

De acordo com informações da PM, a vítima era natural do município de São José do peixe e teria ido ao rio pescar. 

"Ele passou pelo fio de um motor bomba, utilizado em um criatório de peixes, e morreu na hora", disse M.Sousa, da Polícia Militar de Floriano. 

O caso será investigado pela Polícia Civil que vai apurar as responsabilidades sobre a instalação do equipamento. 

Matéria relacionada



Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Prefeitura lança edital para contratar bolsistas com salários de até R$ 2.400

A prefeitura de Floriano, município a 244 km de Teresina, abriu processo seletivo para a contratação temporária de bolsistas no Programa Segundo Tempo. As inscrições seguem até esta sexta-feira (20), exclusivamente, na sede da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer.


Estão sendo ofertadas 30 vagas, distribuídas entre coordenador pedagógico, técnico administrativo, coordenadores de núcleo e monitores esportivos. 

Há vagas para candidatos com Ensino Médio, acadêmicos ou graduados em Educação Física. A remuneração varia entre R$ 450 a R$ 2.400. O edital terá validade de seis meses, podendo ser prorrogado por igual período uma única vez. Também será realizado cadastro de reserva. O resultado da seletiva deverá ser anunciado no próximo dia 30.

Segundo Tempo

O Programa Segundo Tempo é desenvolvido pela prefeitura em parceria com Governo Federal  e tem por objetivo democratizar o acesso à prática e à cultura do Esporte, de forma a promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, como fator de formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida, prioritariamente em áreas de vulnerabilidade social.




Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

PRF apreende 50 kg de droga em bagageiro de ônibus que vinha de Brasília

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 50 quilos de maconha em um ônibus na BR-230, altura do município de Floriano. A droga estava enrolada em lençóis úmidos e vinha de Brasília com destino a Parnaíba. 


A PRF abordou o veículo após uma denúncia anônima. Toda a maconha estava dividida em duas malas e a polícia acredita que os lençóis úmidos foram usados para disfarçar o cheiro do entorpecente.


Um homem de 32 anos, de iniciais F.F.S.S., foi preso. Ele é natural de Coelho Neto, no Maranhão, mas mora em Teresina, onde a droga seria distribuída. 


Jordana Cury
Com informações do Notícia da Manhã.
jordanacury@cidadeverde.com

Posts anteriores