Cidadeverde.com

Suspeito de matar namorada de rival se entrega em Altos

Foto: Altos Notícia

O suspeito de matar Thais Naira Menezes Gomes, de 17 anos, morta com quatro disparos de arma de fogo, em Altos, no dia 27 de junho, se apresentou à polícia na tarde desta quarta-feira (5). Acompanhado do advogado, João Alves Maciel Neto, de 27 anos, se entregou no 14º Distrito Policial de Altos.

Thais estava com o namorado, identificado como Eduardo de Sousa, conhecido como “Junior Cuando”, em um bar quando uma dupla, em uma motocicleta, abordou o casal e fez os disparos. O alvo era o namorado, que conseguiu fugir dos disparos. Eduardo levou um tiro no braço, foi socorrido e não corre risco de morte.

"Desde o início a gente já estava com a autoria identificada. O Eduardo conhecia o João Neto e logo em seguida ao crime ele foi à delegacia e já declinou o nome dele como sendo o autor dos disparos", disse o gerente de policiamento metropolitano da Polícia Civil, o delegado Lucy Keiko.

Segundo ele, resta identificar o piloto da motocicleta que ainda se encontra foragido. A motivação do crime seria vingança por uma suposta delação de Eduardo sobre um crime que teria sido cometido por João Neto.

"Eduardo teria declinado João Neto como autor de um crime contra o patrimonio em Altos, ele não gostou e foi se vingar e matou a namorada de Eduardo de nome Thais", explicou o delegado.

O crime

João Neto, reconhecido pelas tatuagens, chamou Eduardo para conversar quando começou a atirar. Ele correu e sua namorada ficou na linha de tiro, sendo atinjida por 4 disparos.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Adolescente fica na linha de tiro e é morta no lugar do namorado

Texto atualizado às 11h59

Thais Naira Menezes Gomes, de 17 anos, foi morta com quatro disparos de arma de fogo, no município de Altos, na noite de ontem (27), por volta das 21 horas. Ela estava com o namorado, identificado como Eduardo de Sousa, conhecido como “Junior Cuando”, em um bar quando uma dupla, em uma motocicleta, abordou o casal e fez os disparos. 

O alvo da dupla era o namorado, que conseguiu fugir dos disparos. Eduardo levou um tiro no braço, foi socorrido, não corre risco de morte e já prestou depoimento a polícia. 

Inicialmente, a informação era de que Thais teria tentado evitar a morte do namorado, tomando a frente dele, mas acabou sendo atingida pelos disparos.

“Essa moça estava bebendo com o namorado quando chegaram dois homens em uma motocicleta para executar ele. Por erro na execução, ela entrou na frente do namorado e foi alvejada com quatro disparos. Ele foi atingido no braço, escapou e passa bem”, disse o delegado da Delegacia de Altos, Jarbas Lima. 

Suspeito 

O crime ocorreu nas proximidades da casa da vítima, no bairro Maravilha. O suspeito de praticar o crime já foi identificado e é conhecido como “João Neto”. Ele teria chegado a chamar Eduardo para conversar antes de tentar executá-lo no meio da via pública. 

Pelas primeiras informações colhidas, Jarbas acredita o crime pode ter sido um acerto de contas, pois o namorado da vítima tinha passagens pela polícia por roubos e, inclusive, em uma das prisões chegou a fugir da delegacia.

Dinâmica do crime 

O gerente de policiamento metropolitano da Polícia Civil, o delegado Lucy Keiko, deu alguns detalhes do depoimento do sobrevivente desse atentado, que vitimou a jovem de 17 anos, e disse que a polícia está em diligências para prender os suspeitos. Ele ressaltou que o crime foi esclarecido. 

“Está esclarecido, principalmente, com as declarações da vítima, Eduardo. Ele relatou que se encontrava em companhia da namorada Thais, em um bar. Quando chegaram dois indivíduos em uma motocicleta, o da garupa conhecido como ‘João Neto’, reconhecido pelas tatuagens, o chamou para conversar. Na verdade, era uma armadilha.  O João Neto disparou com uma arma de fogo contra ele. Ele correu e a namorada também correu e tomou a frente dele, nesse momento. Joao Neto continuava a atirar. Ela ficou na linha de tiro. O Eduardo conseguiu fugir e ela, infelizmente, foi alvejada”, contou Lucy Keiko. 

Lucy Keiko também relatou que, em uma determianda época, Eduardo teria deletado João Neto a polícia. "Tudo vai ser resolvido pelo inquérito policial", destaca o delegado. 


Foto: Altos Notícia


 

 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com

Advocacia do município de Altos recebe OAB Office

A manhã desta quinta-feira (01) foi de festa para a advocacia altoense com a inauguração do OAB Office, instalado no Fórum Des. Odorico Rosa. O espaço é o terceiro instalado no Estado, homenageia o advogado “José Gil Barbosa”, in memoriam, e está equipado com três computadores, impressoracom scanner, mesa e cadeira de atendimento.

Dirigentes e conselheiros da OAB-PI estiveram presentes à solenidade, que contou ainda com a presença de familiares do homenageado, serventuários da Justiça, da juíza substituta do Fórum, Carmen Maria Soares, e da prefeita da cidade de Altos, Patrícia Leal.

O presidente da OAB-PI, Chico Lucas, ressaltou que o local confere à advocacia um espaço digno à sua atuação profissional, possibilitando a utilização do peticionamento eletrônico, já implantado na Comarca por meio do PJe (Processo Judicial eletrônico), bem como do Escritório Digital, que deverá entrar em funcionamento na próxima segunda-feira (05) na primeira instância.

“Nosso objetivo é expandir esse serviço a outros municípios do nosso Estado, entregando à classe um espaço adequado ao atendimento de seus constituintes, peticionar junto aos sistemas eletrônicos, além de ter um ponto de apoio no seu dia a dia profissional. Quero externar ainda minha felicidade em entregar esse espaço à advocacia de Altos, cidade com a qual tenho boas relações e da qual já fui considerado cidadão”, disse o presidente.

Os familiares de José Gil Barbosa também agradeceram à Seccional pela manutenção da homenagem e destacaram que ele foi considerando, quando vivo, o advogado mais velho e atuante do país, além de um homem honesto, brilhante, trabalhador e que advogava para os mais humildes, muitas vezes abrindo mão de seus honorários. “Ele advogou até os últimos instantes de sua vida, aos 94 anos. Lembro que ele, mesmo acamado, recebia os processos para dar despacho. Ficamos felizes por terem tornado o nome dele imortal para a família, para a Justiça e para a advocacia de Altos”, comentou a viúva, Luzanira Barbosa, que ressaltou que a inauguração do OAB Office atende aos pedidos da classe por um espaço maior.

Estiveram presentes ainda o secretário geral e o diretor tesoureiro da OAB-PI, Leonardo Carvalho e Lucimar Santos, respectivamente; os conselheiros seccionais Antonio Carlos da Costa e Silva, Conceição Carcará, Fernanda Amaral, Conceição Vasconcelos, Diogo Caldas e Martha Fernanda de Oliveira; a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos do Idoso, Jória Batista; o representante da Comissão de Defesa das Prerrogativas do Advogado, Diógenes Melo; o filho do homenageado João Gil Barbosa; e outros advogados que militam em Altos.

Fonte: Ascom

PRF prende homem suspeito de estuprar jovem ao dar carona

A Polícia Rodoviária Federal prendeu o homem identificado como P.I.S.P. de 29 anos suspeito de estuprar uma moça após dar uma carona para ela. A prisão ocorreu no km 308 da BR-343, município de Altos/PI na tarde desta quarta-feira (31). A prisão é resultado de uma abordagem de rotina realizada pela Polícia Rodoviária Federal.

Os Policiais abordaram o veículo TOYOTA HILUX, placas: OJE-1402 e foram solicitados os documentos do condutor e do veículo. Após consulta foi constatado que havia um Mandado de Prisão Ativo na 1ª Vara Cível da Comarca de Campo Maior, em desfavor do indivíduo,  por estupro ocorrido em setembro de 2014. 

Assim, foi dada voz de prisão ao condutor e o mesmo foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Altos para a tomada das devidas providências legais.

O estupro

Em 22 de setembro de 2014,  ele deu uma carona para uma jovem de 19 anos que esperava ônibus para Teresina por volta das 08:20h, nas proximidades do Posto de combustível São Luís em Campo Maior. Junto com a garota ele chegou a levar outras pessoas da parada, mas ao ficar sozinho com a jovem ele informou que faria um "desvio" , a fim de deixar "algumas coisas" no Sítio Nossa Senhora de Nazaré.  

Assim deixou a BR 343 e entrou em uma estrada vicinal. Surpreendendo a passageira, o condutor parou o veículo, travou as portas e retirou os livros que estavam sobre suas pernas. Apesar da resistência da vítima que desferia socos, o acusado retirou sua roupa e com ela manteve conjunção carnal. Após o fato seguiram viagem até Altos, onde o condutor parou o veículo em um posto de combustível, destravou as portas e deixou a passageira descer.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Garota de Altos é encontrada no Ceará após 2 anos sumida

Uma garota de iniciais K.I.A.S desaparecida há 2 anos na cidade de Altos, a 42km ao Norte de Teresina, foi encontrada nesta sexta-feira (12) na cidade de Fortaleza, no Ceará. A menina foi encaminhada à Guarda Municipal da capital cearense por populares. De acordo com a agente Elisabete Dias, os pais já entraram em contato com a menor e confirmaram que se trata da filha.

"Ela foi levada à nossa base por volta das 14h30. Pesquisamos na internet pelo nome dela e achamos informações de uma criança com mesmo nome desaparecida há dois anos e que era do Piauí. Entramos em contato e avisamos", disse a agente da Guarda Municipal.

Segundo Elisabete, a menina estava vagando pelas ruas de Fortaleza há pelo menos 1 mês. "Ela só nos disse que fugiu de casa com uma amiga e veio parar aqui em Fortaleza", afirma.

K.I.A.S já foi encaminhada para o Conselho Tutelar de Fortaleza onde aguarda a chegada de alguém da família. A menina morava no bairro São Luís e foi vista pela última vez na praça de Altos.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Suspeitos caem de moto ao avistar viatura e são presos

Uma dupla se deu mal após uma série de roubo a pedestres na cidade de Alto Longá, a 76 km de Teresina. Maurício Oliveira Lopes e um adolescente de 17 anos foram capturados enquanto tentavam fugir. Ao avistar a viatura da Polícia Militar, a dupla se desequilibrou da motocicleta e acabou caindo. 

Fotos: Divulgação/PM

A abordagem policial ocorreu na sexta-feira (05), na localicade Mão Cheinha, a cerca de 10 km do município de Altos. A motocicleta usada pelos suspeitos havia sido roubada horas antes na avenida Presidente Kennedy, zona Leste de Teresina. A estudante universitária conta que foi abordada ao voltar da faculdade. Os suspeitos estavam armados com pedaços de madeira e além de roubarem a moto e o celular, agrediram fisicamente a mulher,

"Eles roubaram essa moto para praticar arrastões, mas conseguimos interceptá-los. Conseguimos recuperar a motocicleta roubada e quatro celulares", explica o tenente Flávio Miranda, comandante interino da Companhia da PM de Altos. 

Durante a queda, os suspeitos tiveram algumas escoriações. Eles foram encaminhados à Central de Flagrantes de Teresina e autuados por roubo.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Patrícia Leal entrega ofício ao governador solicitando Batalhão de Polícia

A prefeita de Altos, Patrícia Leal, entregou ao Governador Wellington Dias um ofício em que solicita a instalação de um Batalhão da Polícia Militar no município. A reunião aconteceu na tarde quarta-feira (26) no Palácio de Karnak, em Teresina, sede oficial do governo.

Durante o encontro, a gestora relatou ao governador os momentos de tensão que as famílias altoenses têm vivido em razão da criminalidade. “Assaltos são registrados diariamente em Altos. Até crimes mais graves, como assassinatos e invasão de residências com famílias sendo feitas reféns já foram realizados. A cidade está em polvorosas e, portanto, necessita de uma providência”, ressaltou. 

Ainda segundo a prefeita, Wellington Dias garantiu maior empenho pela segurança em Altos, com envio de viatura e mais policiais. “Também informamos ao governador as condições de trabalho dos policiais da 3ª Companhia. Diante isso, ele ligou para o Secretário de Segurança ainda durante a reunião e deliberou sobre o enviou de reforço com viatura e aumento no efetivo policial”, acrescentou Patrícia. 

Sobre o Batalhão de Polícia, o governador não confirmou a instalação da unidade, mas disse que irá se reunir com o Secretário de Segurança, Capitão Fábio Abreu, para discutir a possibilidade.

Fonte: Ascom

Prefeita reivindica batalhão da Polícia Militar em Altos

Após a ocorrência de mais um crime na cidade de Altos, a prefeita Patrícia Leal (PT) voltou a cobrar a implantação de um batalhão da Polícia Militar no município. 

Ontem (23), uma família foi amarrada por homens armados, que assaltaram a casa e levaram dinheiros, joias e outros pertences. O crime fez a prefeita levantar novamente a discussão. 

"Altos é uma cidade grande, não dá mais para a gente ficar só com uma companhia", disse Patrícia Leal, que já discutiu o tema com o comando geral da Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública. 

A prefeita ressalta que o município de população estimada de quase 40 mil habitantes chega a ficar com quatro a cinco policiais por plantão em uma única viatura. As câmeras de segurança instaladas pela prefeitura sozinhas não inibem a violência.

 

com informações da TV Cidade Verde
cidades@cidadeverde.com

Quadrilha invade casa e amarra família durante assalto em Altos

Uma família inteira foi feita refém dentro de casa durante um assalto no início da tarde deste domingo (23) em Altos, município a 49 km de Teresina. Cerca de cinco homens fortemente armados invadiram a casa da família, onde funciona um comércio, por volta do meio-dia e obrigou todos a entrarem. Todos foram amarrados e obrigados a ficar em um cômodo da casa durante a ação que teria durado cerca de 20 minutos.

“A família está totalmente abalada e mal conseguia contar como foi direito. Chegamos assim que eles foram soltos e nos relataram que os bandidos não agiram com agressividade. Falavam com calma e diziam que só queriam o dinheiro. Nos relataram que eles estavam fortemente armados com pistolas e até possivelmente fuzis, armas longas. A família tem um grande comércio no município e segundo eles os cinco se identificaram como clientes do comércio antes de invadir a casa”, explicou o cabo Francisco Roque da Força Tática da Polícia Militar de Altos que esteve no local.

Na fuga, os bandidos conseguiram levar dinheiro, joias e outros pertences da família ainda não contabilizados. Todos precisaram ser socorridos no hospital do município por conta do choque após o assalto.

Ainda segundo o policial não há informações sobre o veículo usado pelos bandidos para a fuga. Diligências foram realizadas na cidade e em seu entorno e nada foi encontrado até o momento.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Mãe e filha são baleadas durante assalto em trailler; suspeito morre

Um suspeito morreu e duas pessoas foram baleadas durante assalto em um trailler no centro do município de Altos, a 37 km de Teresina. O caso ocorreu na noite desta quarta-feira (19). O tenente Flávio Miranda, comandante interino da Companhia da PM de Altos, conta que as vítimas estavam lanchando quando foram abordadas pelo suspeito que chegou em uma moto com um comparsa. 

"Ele chegou anunciando o assalto, rendeu o dono do trailler e a todo tempo pedia dinheiro. No local havia um PM que estava lanchando. O suspeito reconheceu o militar e atirou. Em seguida, houve a troca de tiros que acabou com o suspeito morto e duas mulheres feridas", explica o tenente. 

O suspeito- identificado como Janderson Macedo dos Santos, 21 anos- morreu no local. De acordo com a Polícia Militar, ele tinha passagens por assalto e tráfico de drogas. A arma utilizada por Janderson, um revólver calibre 38, foi apreendido. O comparsa fugiu em uma motocicleta e até o momento não foi localizado. 

As mulheres feridas no tiroteio são mãe e filha, de acordo da PM. Elas foram trazidas para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), passaram por cirurgia e o estado de saúde é estável.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Posts anteriores