Cidadeverde.com

Dívida de R$ 30,00 é motivo de tentativa de assassinato no Piauí

A Polícia Militar de Oeiras prendeu em flagrante na manhã desta quarta-feira, 03, Jeferson Pereira Lobo (foto), acusado de tentativa de homicídio.

O acusado tentou matar a pedradas Félix Silva, conhecido como ?Felim?, em um bar próximo ao estádio Gérson Campos.

Por volta das 10h30, os dois se encontraram neste bar, tendo início uma discussão, quando Jeferson tentou matar Felim a pedradas. Ele chegou a espancar a vítima e feri-la com uma alvenaria e em seguida arrancou uma pedra do calçamento com o objetivo de mata-lo, fato que só não foi consumado por que a Polícia chegou no exato momento e evitou o crime. A vítima está internada na UPA com uma perfuração na cabeça e escoriações no rosto.

Jeferson Pereira Lobo é natural da cidade de Corrente-PI e recentemente deixou a penitenciária Major Cezar, onde estava preso condenado pelo crime de furto qualificado praticado em sua cidade, e ao deixar o sistema prisional resolveu morar em Oeiras.

À Polícia, o acusado alega que vítima estava lhe devendo R$ 30,00. Ele está preso à disposição da justiça.

Fonte: mural da vila

‘Cegonha Oeirense’ qualifica profissionais sobre pré-natal, parto e pós-parto

A Prefeitura de Oeiras, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), realizou nesta terça e quarta-feira, 25 e 26 de junho, o processo de qualificação dos profissionais de saúde envolvidos na implementação do projeto ‘Cegonha Oeirense – Valorizamos a qualidade da Atenção’, que tem o propósito de reduzir a morbidade e mortalidade materna e infantil no município.

A qualificação ocorreu através de oficinas, conduzidas pelo médico ginecologista e obstetra, Jeferson Nunes, e pela enfermeira obstetra, Tatiana Guimarães, e contaram com a participação de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde, que atuam nas zonas urbana e rural de Oeiras.

Alexsandra Fontes, coordenadora municipal de Saúde da Mulher, explica que a iniciativa vai proporcionar às mulheres mais saúde, qualidade de vida e bem estar durante a gestação, parto e pós-parto e contribuir para o desenvolvimento da criança até os dois primeiros anos de vida. “O objetivo desse momento é dar ênfase à qualidade da atenção ao pré-natal e pós-parto, que é o que fazemos na Atenção Básica. Nossa intenção é que a Cegonha Oeirense encontre em Oeiras uma rede qualificada, com fluxos bem direcionados, com pontos de atenção bem delimitados, para que a gestante tenha todos os seus direitos respeitados e que elas possam ser assistidas na sua totalidade. Assim, podemos garantir um pré-natal com qualidade e um pós-parto mais tranquilo para elas e para os recém-nascidos”, argumenta a coordenadora.

Ela comenta que as oficinas foram desenvolvidas com base em casos reais, que serviram de suporte para autorreflexão e estímulo às mudanças no processo de trabalho dos profissionais envolvidos. “Discutimos casos reais de morte materna que aconteceram no município de Oeiras, para que possamos refletir e para que outros casos não aconteçam no futuro. Com isso, promovemos a autorreflexão dos profissionais, ampliamos nosso conhecimento e melhoramos a qualidade da assistência”, acrescenta Alexsandra Fontes, informando que as oficinas também contaram com a participação de três oeirenses acadêmicos do curso de Medicina.

Na capacitação também foi abordada a implantação do Plano Regional da Rede Cegonha, que será aplicado em todo o Território Vale do Canindé. A Semusa também está preparando o Plano Municipal da Rede Cegonha, com estratégias que serão aplicadas no município de Oeiras. “A ideia é trabalhar para fortalecer a qualidade da atenção, fortalecer o cuidado à gestante e a criança até 02 anos de idade no nosso município, fortalecer o olhar para a saúde da mulher”, finaliza a coordenadora.

O programa Rede Cegonha é uma política do Ministério da Saúde que tem a finalidade de estruturar e organizar a atenção à saúde materno-infantil no país e está sendo implantada, gradativamente, em todo o território nacional. 

 

Oeiras divulga lista de habilitados para prova eliminatória do Conselho Tutelar

A Comissão Especial Eleitoral do Processo de Escolha Unificado dos Membros do Conselho Tutelar, sob a anuência do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) do município de Oeiras, publicou nesta quarta-feira, 26 de junho, a relação nominal dos candidatos habilitados a participarem da prova eliminatória do Processo de Escolha dos Membros do Conselho Tutelar para o quadriênio 2020/2023.

A prova escrita será realizada no dia 07 de julho 2019, domingo, com início às 09 h da manhã, na Escola Municipal Juarez Tapety. 

Os candidatos deverão se apresentar com antecedência mínima de uma hora do horário determinado para o início da prova, munidos de cópia do requerimento de inscrição recebido no ato da inscrição, documento de identidade (RG) e caneta esferográfica azul ou preta.

 
Confira a relação nominal dos candidatos habilitados (em anexo).

Candidatos aptos Conselho Tutelar Oeiras

SAAE revitaliza estação de tratamento de esgoto em Oeiras

Comprometido em promover a saúde e qualidade de vida dos oeirenses, por meio do saneamento básico, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) assumiu, há pouco mais de um ano, a responsabilidade de tratar a água, o esgoto, as pessoas e a cidade de Oeiras. Nesse período, a autarquia realizou investimentos e conseguiu obter avanços significativos, como a revitalização da estação de tratamento de esgoto da cidade.

O município utiliza o sistema de aeração para o tratamento do esgoto. Ao assumir a função, o SAAE detectou que o sistema se encontrava ineficiente, pois apenas um aerador da estação de tratamento estava em funcionamento. Os aeradores são responsáveis pelo fornecimento do oxigênio necessário ao desenvolvimento das reações biológicas do tratamento dos resíduos provenientes dos esgotos, chamados de efluentes. 

Desde então, o SAAE trabalhou para melhorar as condições da estação de tratamento, incorporando novos aeradores ao sistema. “Assim que assumimos, nós fizemos análise no laboratório, e os resultados demonstraram uma taxa alta da Demanda Bioquímica Oxigênio (DBO), fator indicativo do consumo de gás oxigênio por microrganismos durante a oxidação de compostos orgânicos”, informa o engenheiro, Assuéro Rêgo, diretor do SAAE.

“Abrimos processo licitatório duas vezes para aquisição de novos aeradores, porém em ambas se mostrou deserta. Após isso, nos dedicamos e conseguimos nós mesmos revitalizar alguns aeradores, por meio de equipamentos e profissionais qualificados. Hoje, nós já estamos com quatro aeradores funcionando”, acrescenta o diretor.

Após implementar o segundo aerador no tratamento, o SAAE realizou nova análise no seu laboratório e conseguiu reduzir a taxa DBO. “Conseguimos reduzir o resultado que antes estava elevado para moderado. Já estamos com quatro aeradores, e faremos uma nova análise nesse mês. Acredito que vamos conseguir reduzir esses níveis ainda mais, para que possamos minimizar ao máximo qualquer dano que possa vir ao meio ambiente. O sistema é de suma importância para a nossa cidade. É saúde pública! Tratando o esgoto nós estamos tratando diversas doenças transmitidas via hídrica, evitando que seja contaminado o solo a água e o meio como um todo, melhorando a vida das pessoas”, finaliza o engenheiro. 

Além da revitalização da estação de tratamento de esgoto, o SAAE investe na coleta e o tratamento do esgoto; na manutenção, ampliação e substituição de redes coletoras; execução de novas ligações de esgoto; modernização do parque de hidrômetros e constante análise da água fornecida no município, realizadas no laboratório da instituição.

 

Oeiras apresenta resultados do Programa de Combate ao Tabagismo

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), realizou na manhã desta quarta-feira, 19, mais uma ação do Programa de Combate ao Tabagismo, em Oeiras. A atividade ocorreu no Mercado Municipal Dona Lili e contou com a participação de servidores da Semusa, agentes comunitários de saúde das zonas urbana e rural, profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e da população em geral.

Auridene Freitas, secretária municipal de Saúde, comenta que o Programa Nacional de Controle do Tabagismo foi implantado no município de Oeiras em maio de 2017, e, atualmente, é desenvolvido em seis equipes da Estratégia Saúde da Família. Agora, a proposta da Semusa é expandir o programa para todas as equipes de saúde do município.

“Em 2018, iniciamos com os grupos de adesão, onde os agentes de saúde detectam as pessoas fumantes da sua área de atuação. Elas são direcionadas para a Unidade Básica de Saúde e, lá, esses grupos são formados, com acompanhamento de psicólogos e de todos os profissionais que compõem a equipe. Este programa já se expandiu para seis equipes de saúde da família. A proposta é que ele possa estar se estendendo para as demais localidades”, pontua a secretária.

Implantado há dois anos, o Programa de Combate ao Tabagismo contabiliza bons resultados em Oeiras. “Temos um impacto muito positivo, uma média de mais de 40 pessoas, que já pararam de fumar no nosso município. O simples ato de fumar acarreta uma série de doenças que podem ser evitadas com esse processo de orientação. Quando a pessoa para de fumar envolve todos os familiares do domicílio. Temos depoimentos do resgate na qualidade de vida das pessoas que realmente pararam de fumar”, afirma Auridene Freitas.

“Vamos estender o programa para os profissionais da Administração Municipal como um todo, envolvendo todas as pastas que fazem parte da Prefeitura, através do programa Saúde do Trabalhador. Estamos casando as duas propostas. A ideia é que possamos trabalhar a nossa estrutura, os nossos profissionais, para que, a partir daí, a gente possa ser multiplicador dentro desse processo de convencimento de toda a sociedade. Com tudo isso, eliminar cada vez mais o fumante e reduzindo vários tipos de problemas e doenças futuras, que podem estar sendo evitadas, através da prevenção do tabagismo”, acrescenta.

Na ocasião, foi feita a entrega de certificado a uma parte dos ex-fumantes que participaram do Programa de Combate ao Tabagismo, da Semusa. “O objetivo do programa é reduzir a prevalência de fumantes e a consequente morbimortalidade relacionada ao consumo de derivados do tabaco, seguindo um modelo lógico utilizando ações educativas, de comunicação e de atenção à saúde”, explica o psicólogo Jorge Fernando, coordenador do programa.

Após a exposição dos resultados do programa e entrega de certificados, a Semusa disponibilizou testes de glicemias e aferição de pressão arterial aos participantes da atividade no Mercado, e realizou a avaliação de fumantes, que manifestaram o desejo de parar de fumar. A partir das avaliações feitas, serão formados novos grupo para ingresso no programa e tratamento. 

Combate ao Tabagismo faz parte da rotina do município

O tabagismo é, hoje, a principal causa de mortes evitáveis no país. A dependência à nicotina é fator causal de aproximadamente 50 doenças, como vários tipos de câncer e doenças do aparelho respiratório e cardiovasculares, uma vez que o fumante se expõe a aproximadamente 4.720 substâncias, muitas delas tóxicas, contidas no cigarro. Além de prejudicar também a saúde daqueles que inalam involuntariamente a fumaça do cigarro, os chamados fumantes passivos.

“O tema tabagismo foi inserido na rotina de trabalho das equipes de Atenção Básica do município. Foram desenvolvidas ações de educação em saúde em diversos momentos, dentre entre eles, nos grupos já existentes nas unidades como: Hiperdia, Gestantes, Idosos, entre outros. Também foi trabalhado a prevenção em datas mobilizadoras como: 29 de Agosto - Dia Nacional de Combate ao Fumo, Outubro Rosa, Novembro Azul, Dezembro Vermelho. Após o tema tabagismo ser bem trabalhado com a população, iniciou-se a segunda fase do programa, na qual é ofertado o tratamento para quem deseja parar de fumar”, amplia o coordenador.

Ao ingressar no programa, o fumante passa por uma avaliação clínica inicial, onde o profissional de saúde realiza o diagnóstico do tabagismo a partir da história tabagística do paciente, do seu o grau de dependência, do estágio motivacional para parar de fumar, da presença de comorbidades e a da indicação de apoio medicamentoso. Na metodologia da Abordagem Intensiva é realizado um teste mais detalhado para avaliação do grau de dependência à nicotina.

O paciente é, então, encaminhado para 4 sessões iniciais de grupo de fumantes, semanais, com 1 hora a 1 hora e 30 minutos de duração; seguidas de 2 sessões quinzenais de manutenção, realizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. Na continuidade é agendada uma reunião mensal de prevenção da recaída até completar um ano. Em casos de dependência severa, para a Abordagem e Tratamento Intensivo do Tabagismo, o apoio medicamentoso utilizado é a Terapia de Reposição de Nicotina – TRN.

Ascom

Praça de Eventos em Oeiras reúne festas juninas de várias escolas

O município de Oeiras disponibilizou um espaço público para as escolas da cidade realizarem seus arraiás juninos. A programação vai até o início de julho e abrange escolas municipais, estaduais e privadas.

"É tradicional nós termos esse espaço chamado Praça de Eventos no qual nós ornamentamos e disponibilizamos para toda a rede de ensino que gosta de mostar sua quadrilha. Tanto na rede municipal, estadual e privada. O espaço é democrático para todas as escolas", disse o prefeito José Raimundo.

E por falar em escolas, o gestor ressaltou o bom desempenho do município no Ideb.

"A gente tem praticado uma política educacional e hoje estamos colhendo os frutos. Modificamos vários pilares. Tiramos o vieis político da educação. Já nucleamos 32 escolas da rede municipal. O nosso docente hoje é preparado para dar aula na zona Rural e urbana. Os dividendos são acima do piso. O Ideb de Oeiras é o maior do Piaui em cidades acima de 20 mil habitantes", comemora.

Foto: Letícia Santos

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Inaugurada UBS no Morro Redondo, zona rural de Oeiras

A Prefeitura de Oeiras segue realizando investimentos em serviços de saúde de qualidade para os oeirenses. No último sábado, 15, o prefeito José Raimundo e a secretária municipal de Saúde, Auridene Freitas, inauguraram a Unidade Básica de Saúde (UBS) do povoado Morro Redondo, na zona rural do município. A UBS leva o nome do vice-prefeito de Oeiras, Martinho Meneses, falecido em fevereiro deste ano.

Segundo o prefeito, a unidade vem somar à série de investimentos na Atenção Básica em saúde, realizados em Oeiras desde o início de sua gestão. O prédio está dentro dos padrões de qualidade e acessibilidade, estabelecidos pelo Ministério da Saúde, e representa mais um avanço dentro da política de descentralização dos serviços de saúde no município de Oeiras.

As UBSs são a porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS), e, portanto, precisam ser estruturadas e qualificadas para atender a população. Auridene Freitas afirma que o espaço qualifica ainda mais a Atenção Básica e permite um tratamento de qualidade para usuários e profissionais, resultando num atendimento mais humanizado para a população do Morro Redondo e comunidades vizinhas. “É uma obra que faz parte do projeto Requalifica Saúde UBS, do Ministério da Saúde. O município desde o ano de 2010 fez uma adesão e sempre que é feita essa abertura o município prontamente se organiza para estar pleiteando essas unidades. Com esta obra do Morro Redondo, é a quinta Unidade Básica de Saúde entregue no modelo padrão”, comenta a secretária.

Atualmente, a equipe da Estratégia Saúde da Família da região atende usuários do Morro Redondo, Curral Velho, Buriti do Canto, Assentamento Nova Terra, Exu e Bocaina. “Quando nós entregamos uma obra para a comunidade, automaticamente, aquela região vai passar a contar com mais serviços de saúde. Todas as ações que são contempladas nas unidades básicas de saúde da zona urbana também serão contempladas na região. O município de Oeiras vem trabalhando um processo de expansão de equipe e nessa expansão a região do Morro Redondo será contemplada. Vamos dividir aquela região em duas equipes, para que possamos melhor assistir a comunidade”, informa Auridene Freitas.

“Estávamos com uma dificuldade de fixar o profissional médico nesta região, mas a partir do mês de julho já temos uma profissional que irá assumir a região. Ela irá fazer atendimento médico em todas essas localidades”, acrescenta.

Para a conclusão da UBS do Morro Redondo, a Prefeitura de Oeiras investiu, com recursos próprios do município, cerca de R$ 104 mil. Além do prefeito e da secretária de saúde, a solenidade de inauguração da obra contou com a presença do coordenador estadual de Fomento à Irrigação, B.Sá; do deputado estadual, Bessah; vereadores; familiares do homenageado; profissionais de saúde que atuam na região e de moradores do povoado.

Mais serviços de saúde na zona rural

No mês de julho, a Prefeitura de Oeiras, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), irá inaugurar o Ponto de Atendimento em Saúde do Assentamento Nova Terra. A obra contribuirá para a ampliação do atendimento e descentralização dos serviços de saúde, sobretudo, na zona rural do município.

“Com a inauguração do Ponto de Atendimento, a região passará a contar com  quatro gabinetes odontológicos. Passemos a oferecer a odontologia no Morro Redondo, Curral Velho, Buriti do Canto e passaremos a ofertar atendimento odontológico também no Assentamento Nova Terra”, adianta a secretária. 

Ascom

Zona rural de Oeiras recebe incentivo a prática de esporte

A Prefeitura de Oeiras segue investindo em melhorias infraestruturais em todas as regiões do município. Na noite desta quinta, 13, o prefeito José Raimundo entregou a cobertura e o serviço de iluminação com lâmpadas de LED da quadra poliesportiva do povoado Briona, na zona rural de Oeiras.

A obra foi realizada com recursos municipais e, além de agregar práticas educacionais, esportivas e culturais, fortalece vínculos entre a comunidade escolar e a população local. Dotada de alambrado e arquibancada, a quadra poliesportiva do povoado Briona foi inaugurada em novembro de 2013. Agora, o espaço ganhou novos investimentos.

A inauguração contou com a presença de secretários municipais, vereadores, moradores da Briona e localidades vizinhas e foi marcada por jogos amistosos envolvendo equipes de futebol amador da região. 

Ascom

Oeiras beneficia produtores de caprinos com melhoramento genético

Para incentivar a ovinocaprinocultura, a Prefeitura de Oeiras adquiriu um reprodutor caprino da raça Savana, com o objetivo de promover a melhoramento genético e ampliar os rebanhos dos produtores do município.

Na semana passada, o animal foi levado ao povoado Buriti do Rei, na zona rural, contribuindo para o incremento da produtividade e da renda de pequenos produtores, que trabalham pela Associação de Moradores e Desenvolvimento Comunitário Boqueirão.

A Prefeitura informa que o reprodutor, que foi adquirido durante a 7ª Expoeiras, está à disposição dos criadores do município. Os interessados no melhoramento do rebanho devem se cadastrar na Secretaria Municipal da Agricultura.

Ascom

Oeiras participa de oficina de combate à hanseníase, realizada na Bahia

 

O município de Oeiras participou entre os dias 05 e 07 de junho da Oficina de Planejamento das ações estratégicas de enfrentamento da hanseníase da Macrorregional Nordeste, realizada em Salvador - BA. No encontro, o município esteve representado pelas enfermeiras Raimunda Vieira, coordenadora da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, e Jéssica Cavalcante, coordenadora de Doenças em Eliminação.

 A oficina teve como objetivo apoiar estados e municípios sobre o planejamento de ações estratégicas de enfrentamento à hanseníase, considerando as especificidades dos grupos epidemiológicos e operacionais definidas no Plano “Estratégia Nacional para Enfrentamento da Hanseníase 2019-2022”.

 Todo o processo de construção das propostas foi baseado na problemática evidenciada pelos grupos e orientado por meio de oficina (dividido por estados) para subsidiar a elaboração de planos operativos de acordo com as necessidades dos municípios, a qual foi apresentado um instrumento de monitoramento e avaliação (que está em fase de testagem) que auxilia na construção do Plano Operativo.

 Segundo as enfermeiras, este instrumento facilita a sistematização do planejamento a partir do pilar (de acordo com o indicador), quais serão seus objetivos, ações, atividades e metas para aprimorar o indicador à luz da estratégia de enfrentamento da Hanseníase.

Fonte: ascom

Posts anteriores