Cidadeverde.com

Natal Iluminado: Prefeitura entrega decoração natalina de Oeiras

Luzes, cores, emoção e toda a magia do Natal em um só lugar. Foi assim a abertura do Natal Iluminado, realizada na noite deste domingo, 09, na Praça de Eventos. Bailarinas, soldadinhos de chumbo, bonecos de neve, bengalas, renas, trenó, presépio e todas as figuras natalinas estiveram presentes num grande desfile, organizado pela Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS). 

Os personagens do espetáculo, que marca oficialmente a entrega da decoração natalina de Oeiras, foram as crianças, adolescentes e idosos dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, mantidos pela SEMAS, nas zonas urbana e rural do município. O acendimento da árvore, das luzes da ornamentação natalina da Praça das Vitórias e a chegada do Papai Noel encantou e despertou o espírito de Natal no público presente.

A secretária municipal de Assistência Social, Vanessa Reinaldo, diz que o Natal Iluminado promove inclusão social e dá visibilidade a todos os grupos e ações realizadas pela SEMAS, através dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).  “Acredito que foi o maior desfile de Natal do Piauí. Tivemos um espetáculo de emoções. Trouxemos para esta semana avenida crianças e adolescentes da zona urbana e da zona rural, das comunidades mais próximas às mais distantes. Foi emocionante, conseguimos um grande público. E a cada ano é um desafio maior fazer com que a magia do Natal não se perca”, comenta a secretária.

Fonte: Ascom

Zé Raimundo anuncia construção de duas UBSs na zona rural e de praça no Bairro Várzea em Oeiras

 

Descentralizar e ampliar a oferta de atendimento na Atenção Básica em Oeiras. Com esse propósito, o prefeito José Raimundo assinou nesta terça-feira, 04, ordem de serviço para implantação de duas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) no município. As unidades de saúde serão construídas nas comunidades Morro Redondo e Belo Monte, na zona rural.

Segundo Zé Raimundo, com estes investimentos, a Prefeitura de Oeiras vai qualificar cada vez mais a Atenção Básica em saúde na cidade, ofertando um serviço de qualidade na atenção primária, que é a porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS). Na ocasião, o prefeito também autorizou a construção da cobertura da quadra poliesportiva da Escola Municipal Visconde da Parnaíba, espaço que recentemente ganhou incrementos na estrutura.

A quadra foi inaugurada em agosto deste ano, dentro do projeto de reforma e ampliação da escola, que ganhou ainda uma sala de leitura e multimídia.

Construção de praça no Bairro Várzea

Também nesta terça-feira, Zé Raimundo visitou o Bairro Várzea, comunidade que receberá um conjunto de benfeitorias do poder público municipal. Lá, a Prefeitura de Oeiras está perfurando mais um poço tubular para melhorar o abastecimento de água nas residências da região. “Esse poço tubular está dentro da nossa meta de perfurar mais cinco poços em bairros da periferia da cidade para atender a demanda da rede de água do SAAE", comenta.

O prefeito também visitou o espaço onde será construída a praça da Várzea, um pedido antigo dos moradores, que vai proporcionar mais integração e qualidade de vida para a comunidade. A praça será construída numa área cedida pela Igreja Católica. A previsão é que o espaço seja entregue para a população até o final de janeiro de 2019.

Logo após a visita ao Bairro Várzea, o prefeito visitou a Praça Rocha Neto, no Centro, onde acompanhou o andamento das obras no local, que está recebendo reparos e melhorias na estrutura e deve ser entregue no próximo dia 22 de dezembro, dentro das atividades de comemoração dos 301 anos de Oeiras.   

Fonte: Ascom

Estudantes lançam livros na Feira Literária de Oeiras (FLOR)

A Feira Literária de Oeiras (FLOR), realizada de 29 de novembro a 01 de dezembro, foi terreno fértil para nascimento de novos escritores, que encontraram no evento a oportunidade ideal para lançamento de suas primeiras obras.

Estimulados pelos professores e inspirados pela poesia das obras de Roseana Murray, autora homenageada da FLOR 2018, diversos estudantes de escolas da rede municipal produziram e lançaram seus livros na sala Clube do Aprendiz.

Os livros lançados foram: Diário de Poesias, da Escola Municipal da Várzea; Poeminhas Delicados de A a Z, da Escola Municipal Dom Edilberto Dinkelborg; Delicadezas do Coração – Escola Municipal Alzira Tapety; Versos para Relaxar, Diário de uma Nerd, Jardim de Poesias e Falando de Roseana Murray e da FLOR, de alunos da Escola Lourenço Barbosa Castelo Branco.

“Nesse livro retratei a delicadeza e a sensibilidade”, resume Ana Clara, aluna no 5° Ano da escola Lourenço Barbosa e autora do livro Falando de Roseana Murray e da FLOR. A publicação é a primeira obra que ela escreve sozinha. Ano passado, Ana Clara lançou em conjunto com outros colegas de classe o ‘ABCzinho da Ecologia’, inspirado na obra de Cineas Santos, homenageado na FLOR 2017.

Co-autora do livro Jardim de Poesias, a aluna Clarisse Vitória não esconde o entusiasmo com a obra. “Esse momento é único. Ano passado já lancei um livro, o ‘ABCzinho da Ecologia’, no 4° Ano, e esse ano é mais um livro. Esse momento está sendo muito emocionante porque é único, acho que não vamos ter outro na nossa vida”, declara a aluna da rede municipal.

A professora Raimunda Neta orientou Clarisse e os colegas de classe na produção do livro. “Na sala de aula, a gente apresentava as obras de Roseana Murray, e os meninos se sentiam sensibilizados para escrever. Com isso, decidimos fazer o livro, uma coletânea de poesias para homenagear a autora. E a cada momento que a gente vivenciava, surgiam mais ideias e deu certo. Lançamos nosso livro em parceria com as professoras Maurenize e Zildete. Estamos muito felizes com o Jardim de Poesias, segundo livro da turma”, comemora a professora.

Roseana Murray homenageia Oeiras em novo livro

“Fico sem palavras, de tanta emoção. Obrigada meninos”, agradeceu Roseana Murray após o lançamento dos livros em sua homenagem. Ela aproveitou a ocasião para lançar uma nova obra. Com o título ‘Oeiras, Flor do Sertão’, a obra foi organizada pela Secretaria Municipal de Educação (SEMED) e é uma coletânea de poesias que Roseana produziu inspirada em suas impressões sobre Oeiras.

Fonte: Ascom

Espetáculo reúne 320 alunos no encerramento da VI Feira Literária de Oeiras

Um grande espetáculo de dança e arte encerrou na noite de deste sábado, 01, a VI Feira Literária de Oeiras (FLOR). Intitulado ‘Cabrobó’, o show teve a participação de 320 alunos de escolas da rede municipal de ensino, contando em diversos atos a história do município de Oeiras. Em sua sexta edição, a FLOR homenageou a escritora Roseana Murray, autora de dezenas de livros dedicados ao público infanto-juvenil e de poesias.

A obra de Murray foi alvo de análises e estudos em projetos desenvolvidos nas 29 escolas da rede municipal de Oeiras, durante todo o ano, e materializada em poesias, livros, danças, artes plásticas e apresentações culturais nos três dias de Feira Literária. “Desde que cheguei fui testemunha do maior milagre de todos quantos já vivi e minha vida é cheia de milagres. Vi seis mil crianças pobres do sertão fazendo arte verdadeira, fazendo poesia, música, teatro, dança e ganhando medalhas de matemática e astronomia. Vi crianças falando no palco com a segurança de velhos atores, sabendo de cor textos imensos, sem tropeçar em nenhuma sílaba. Vi autistas cantando e dançando. No encerramento da FLOR, 350 alunos e alunas, dos 3 aos 17 anos, encenaram um espetáculo de dança grandioso no palco-chão: Cabrobó, a história de Oeiras que completa 301 anos. Desde a chegada até hoje. Índios, sertanejos, escravos, a elite, estava tudo ali, nas coreografias mais belas, nos figurinos mais maravilhosos, com a grandiosidade de uma companhia de dança. Foi mesmo um grande espetáculo, onde cada um, desde a Educação Infantil até o nono ano, vai se apropriando das suas raízes. Cabrobó foi a apoteose dos espetáculos que eu já havia visto pela manhã”, comenta a escritora homenageada.

“Vou tentar divulgar para o resto do Brasil que esta é a educação que se tem que fazer: a educação do ser humano melhor, com arte e literatura. Estou impressionadíssima, muito emocionada e não sei como agradecer estar viva para presenciar isso. Algo que eu sonhei a vida inteira e que vi acontecendo. Muito obrigado, Oeiras”, acrescenta Roseana Murray.

Novos instrumentos para os Núcleos de Cultura

Além do espetáculo, a noite de encerramento da FLOR foi marcada pela apresentação de uma orquestra de bandolins e da banda multiarte Geração Jovem, grupos formados por estudantes de escolas municipais, que têm seus talentos artísticos estimulados e lapidados dentro dos Núcleos de Cultura – iniciativas da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), que promovem Educação com arte em toda a rede escolar.

Na oportunidade, o prefeito José Raimundo e a secretária municipal de Educação, Tiana Tapety, realizaram a entrega de 11 novos bandolins, 05 violões e 30 flautas para os Núcleos de Cultura das escolas municipais da Várzea, Juarez Tapety, Lourenço Barbosa e Agrotécnica.

“Ter uma educação de resultado não nos dá uma comodidade, nos dá uma inquietude e a certeza que precisamos continuar. Traz para nós a capacidade de entender que a educação se constrói todos os dias. Por isso, não canso de dizer o que Castro Alves diz: ‘bendito aquele que semeia livros e faz o povo pensar’. Nós precisamos, mais do que nunca, de um povo que pensa. O Brasil precisa, mais do que nunca. E nesta porção do Brasil, que é Oeiras, vamos continuar incessantemente construindo uma educação que liberte, que faça com que nossas crianças tenham cada vez mais a capacidade de ler o mundo”, destaca a secretária municipal de Educação.

Homenageado da FLOR 2019

Na ocasião, Tiana Tapety anunciou o homenageado da FLOR 2019: o escritor Ilan Brenman, um dos mais importantes autores de livros infantis do Brasil, ganhador de diversos prêmios e com publicações traduzidas para vários países.

Ilan Brenman é psicólogo formado pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo e sempre teve um pé no consultório e outro na literatura, que falou mais alto. Desde então, ele se dedica a dar cursos e palestras Brasil afora sobre temas como formação de leitores e literatura infantil. Já publicou os livros “O livro da com-fusão”, “Até As Princesas Soltam Pum”, “O senhor do Bom Nome e outros mitos judaicos” e “O pó do crescimento e outros contos”, entre outros.

Fonte: Ascom

Estudantes de Oeiras são premiados com tablets e notebooks

A quarta-feira, 28, foi de comemoração e reconhecimento na Escola Municipal Juarez Tapety, em Oeiras. O prefeito José Raimundo e secretária municipal de Educação, Tiana Tapety, premiaram, com tablets e notebooks, os alunos da rede municipal que obtiveram destaque na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP). Eles ganharam 07 medalhas – de ouro, prata e bronze – e 11 títulos de menção honrosa na competição nacional, que contou com a participação de mais de 18 milhões de estudantes.

Zé Raimundo diz que, colocando a Educação em primeiro lugar, o município de Oeiras está construindo uma Educação de primeira. “Nossa luta é para oferecer aos alunos da rede municipal a melhor educação, pensando no futuro de cada um. Oferecemos um ensino equânime, com a mesma qualidade nas escolas da zona urbana e zona rural. Pelos resultados alcançados, está valendo a pena. Não tem fórmula, não tem receita, é comprometimento e investimento no lugar certo, para que a educação aconteça”, destaca o prefeito.

Na oportunidade, o prefeito entregou, ao lado da escritora Roseana Murray – grande homenageada da Feira Literária de Oeiras (FLOR) deste ano – uma Sala Leitura. O espaço recebe o nome do escritor oeirense, O. G. Rêgo de Carvalho, é dotado de um acervo de livros, cabines individuais e mesas para leitura e estudos. O objetivo, segundo a professora Tiana Tapety, é despertar o prazer da leitura e aguçar o potencial cognitivo e criativo dos alunos.

A entrega dos prêmios e da Sala de Leitura, foi precedida pelas atividades do projeto ‘Café, pão e texto’, iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que promove nas escolas uma interação artística e literária entre os alunos e a escritora homenageada na FLOR. Além disso, desde terça-feira, Roseana Murray interage com os estudantes da rede municipal numa série bate-papos, que também integram a programação da Feira Literária. “Devo dizer que a Educação em Oeiras sem sombra de dúvidas é mais impressionante que já vivenciei”, elogia a escritora.

Fonte: Ascom 

Unidades de saúde garantem melhor atendimento à população de Oeiras

O prefeito José Raimundo e a secretária municipal de Saúde, Auridene Freitas, entregaram nesta segunda-feira, 26, obras de reforma e ampliação em duas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Oeiras. O objetivo é proporcionar aos usuários mais conforto e aos profissionais um ambiente adequado de trabalho, melhorando a qualidade do atendimento.

No Centro de Saúde Paulo de Tarso, na Rodagem de Floriano, a Prefeitura implantou um Consultório Odontológico e inaugurou uma Sala de Estimulação Precoce, destinada ao tratamento de crianças com microcefalia. Em Oeiras, há um caso notificado e acompanhado na unidade de saúde pela equipe multiprofissional do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF).

“A Sala de Estimulação Precoce é devidamente adaptada e adequada conforme uma padronização do Ministério da Saúde. Desde o ano 2017, ela está em funcionamento. Também implantamos na unidade um gabinete de odontologia. O Ministério da Saúde faz um incentivo financeiro para implantação de apenas um gabinete odontológico, que seria na Várzea, sendo assim, as pessoas da Rodagem de Floriano deveriam encaminhar-se para procurar o serviço na Várzea. Mas, com o compromisso da Administração Municipal, entendemos de descentralizar esse serviço, implantando mais um consultório odontológico no sentido de facilitar o acesso da população”, explica Auridene Freitas.

Em 2019, novos consultórios odontológicos devem ser implantados em localidades da zona rural do município. “Este gabinete da Rodagem de Floriano não atende apenas esta comunidade, atendia também a região do Riachuelo, atende a região da Boa Vista, os assentamentos e os Caldeirões. Com a implantação, recentemente, de um gabinete de odontologia no Riachuelo, esse atendimento não mais acontece aqui. A proposta é que, dentro do ano de 2019, nós implantemos um gabinete na região da Boa Vista e outro para atender a parte dos assentamentos no Marreiros”, acrescenta a secretária municipal de Saúde.

A UBS do Bairro Jureminha também passou por melhorias na estrutura, ganhando novas instalações – consultório de enfermagem, auditório e Sala de Vacina. “Passamos a ter seis salas de vacina na zona urbana, três delas implantadas este ano. A sala de vacina possibilita a descentralização da oferta do Teste do Pezinho, facilitando o acesso das pessoas que moram na região do Bairro Jureminha”, finaliza a gestora, adiantando que a Secretaria Municipal de Saúde planeja implantar mais uma Sala de Vacina, totalizando sete salas do tipo à serviço da população do município.

Fonte: Ascom

Hip Hop ganha destaque na II Semana da Juventude de Oeiras

Rima, música e dança. Os elementos fundadores da arte e da cultura Hip Hop foram protagonistas da Velha Cap Batlle. Realizada na noite do último sábado, 24, a batalha de MCs e de B.boys integrou a programação da II Semana da Juventude de Oeiras, promovida pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Juventude.

Segundo Heloísa Helena, o evento contribui para a valorização e resgate da autoestima dos jovens adeptos e simpatizantes do Hip Hop. “Buscamos contemplar várias ações que estão relacionadas de fato à essa fase da vida que é a juventude. E nesta noite cultural, que é um ponto marcante, estamos valorizando um tipo de arte que realmente condiz com a faixa etária do jovem. É um momento de valorização, de engrandecimento e também da elevação da autoestima desse grupo, que ainda enfrenta uma resistência da sociedade, por conta das vestimentas, tatuagens...E o Hip Hop é, na verdade, um estilo de vida diferenciado”, pontua a secretária municipal de Juventude.

A noite cultural aconteceu na quadra da Praça da Juventude, no Bairro Canela, e contou com a participação de artistas urbanos de diversas cidades da região de Oeiras. Nas batalhas de Hip Hop e Rimas foram distribuídos R$ 2 mil em prêmios para os melhores colocados.

No domingo, 25, uma cerimônia religiosa, alusiva ao Dia Nacional da Juventude, encerrou a segunda edição da Semana da Juventude de Oeiras, que teve como tema “Conscientizar é preciso” e abordou a temática da conscientização em diversas áreas de abrangência. O evento teve a parceria do Governo do Estado, por meio da Coordenadoria Estadual da Juventude – COJUV, Diocese de Oeiras e o apoio das Secretarias Municipais de Saúde, Educação e Assistência Social.

CONFIRA OS VENCEDORES:

Batalha de Hip Hop:

1° B.boy Raeltinho (Oeiras);

2° B.boy Artur (Oeiras);

3° B.boy Jadson (Picos).

Batalha de Rima:

1° MC Raelson (Oeiras);

2° MC Vinix (Oeiras);

3° MC Zaquel (Oeiras).

Fonte: Ascom

Curso capacita mulheres para o mercado de trabalho em Oeiras

A Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) concluiu esta semana mais um curso profissionalizante, em Oeiras. Ofertado nos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS I e II, o Curso de Maquiagem contemplou 20 participantes, oportunizando incentivo a geração de renda, ampliando conhecimentos na área da estética, qualificando e aperfeiçoando a atividade em mulheres que já atuam na área. 

O curso foi ministrado pelo maquiador Jhordann Smith, com encontros duas vezes por semana durante dois meses. A capacitação profissional foi oferecida gratuitamente e direcionada para cidadãos que buscam ingressar no mercado de trabalho ou abrir seu próprio negócio. 

Na oportunidade, as participantes fizeram relatos positivos sobre a importância do curso em suas vidas e sobre o compromisso de levar adiante o conhecimento adquirido. Em seguida, a secretária municipal de Assistência Social, Vanessa Reinaldo, ressaltou o compromisso e satisfação da Prefeitura de Oeiras, através da SEMAS, em promover o acesso da comunidade a serviços, benefícios, programas e projetos sociais.

Fonte: Ascom

Alunos de Oeiras conquistam medalhas na OBMEP

Os estudantes da rede municipal de Oeiras tiveram um desempenho inédito na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP de 2018. Ao todo, o município conquistou 07 medalhas – 01 de ouro, 02 de prata, 04 de bronze – e 11 menções honrosas. Em sua 14ª edição, a olimpíada contou com a participação de mais de 18 milhões de alunos, classificando 952.839 para a segunda etapa.

No Piauí, além de Oeiras, apenas Cocal dos Alves e Teresina tiveram medalhistas de ouro na olimpíada, que busca incentivar o estudo da matemática, desmistificando a disciplina, que é vista como ‘bicho-papão’ por grande parte dos estudantes. “Fiquei feliz com a medalha. Prestei muita atenção nas aulas, fiquei muito atento às dicas dos professores e me concentrava nas atividades de casa”, comemora Igor Gabriel, aluno da Escola Municipal Juarez Tapety, medalhista de ouro na OBMEP.

Ele e os outros alunos premiados participam de um projeto desenvolvido pela Supervisão de Matemática da Secretaria Municipal de Educação (Semed) para aprimorar as habilidades dos estudantes na disciplina. O projeto reúne os alunos em aulas aos sábados, com revisões e exercícios envolvendo questões específicas de olimpíadas passadas. “Sentimos que os alunos tinham algumas deficiências, mas que tinham uma capacidade de raciocínio muito boa. Na primeira fase, nossos alunos já se mostraram acima da média. Tivemos a primeira medalha de ouro do Centro-Sul do Piauí, elas ficam sempre concentradas nas cidades do Norte”, observa Renato Martins, diretor da Escola Municipal Juarez Tapety, que ministrou aulas na fase de preparação dos alunos para a OBMEP.

A prova foi elaborada com questões dissertativas que desafiam os jovens em problemas resolvidos com raciocínio matemático. “A seleção é rigorosa. Se deixar de fazer uma letra o aluno já perde. As questões são subjetivas, em cada cálculo que o aluno faz ele tem que argumentar, explicar porque fez assim. A comissão analisa o cálculo e o argumento. Se ficar algo faltando a nota é subtraída”, explica Sandra Salvador, supervisora de Matemática da Semed.

As escolas municipais Juarez Tapety e Visconde da Parnaíba concentram o maior número de medalhas e menções honrosas. Medalha de bronze na olimpíada, Monara Susanny, aluno do 7° Ano do Visconde da Parnaíba, não esconde a satisfação com o resultado na prova. “É uma sensação maravilhosa. Quando fiz a prova, não sabia que ia ganhar uma medalha”, celebra a estudante, que sonha em seguir carreira como engenheira.

“A disciplina que mais gosto é matemática. Estudei muito com os professores e em casa. Senti muita emoção quando recebi o resultado”, comenta Letícia Holanda, do 8° Ano do Visconde da Parnaíba, medalha de prata na OBMEP. Colega de classe de Letícia, Célia Regina diz que na fase de preparação estudava matemática três horas por dia. “Sempre tiro boas notas em matemática. Estudava duas horas na escola e uma em casa. Fiquei feliz com a medalha”, afirma a estudante de 14 anos.

Felicidade foi o que também sentiu Maiza Victória ao saber que foi bronze na OBMEP. “Além das aulas aqui com os professores, eu também estudava em casa, meu irmão me ajudou”, lembra a estudante do Juarez Tapety. “Fiquei alegre, saí correndo, pulando”, compartilha Luís Felipe, medalha de prata na prova, acrescentando que estudou bastante em casa, incentivado pelo pai, o professor Renato Martins.

“Fiquei surpresa com o resultado. A preparação foi bem descontraída, eu sempre prestava atenção nas aulas e no conteúdo”, festeja Débora Leal, aluna do Juarez Tapety.

Entenda a OBMEP

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada – IMPA, com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática – SBM, e promovida com recursos do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC. A prova é realizada por meio de duas fases. A primeira teve 20 questões de múltipla escolha e duas horas e meia de duração. Os estudantes têm três tipos diferentes de provas, de acordo com o nível de dificuldade:

Nível 1: alunos do 6º e 7º ano do Ensino Fundamental

Nível 2: estudantes do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental

Nível 3: o mais avançado, é para os estudantes do Ensino Médio

A primeira fase é eliminatória, e a classificação é feita de acordo com a nota de cada estudante: são classificadas todos os anos as pessoas com as maiores notas até o preenchimento das vagas para a segunda fase.

Já a segunda fase não é eliminatória, mas sim classificatória, e mantém os três níveis da primeira fase. Nessa prova, os alunos têm três horas para responder a seis questões discursivas valendo 120 pontos no total.

As medalhas são definidas de acordo com a nota de cada estudante na segunda fase: segundo o regulamento, são previstas 500 medalhas de ouro, 1.500 de prata e 4.500 de bronze, além de até 46.200 menções honrosas.

Veja quem são os estudantes oeirenses premiados na OBMEP de 2018:

Igor Gabriel Oliveira da Silva – Escola Municipal Juarez Tapety – Medalha de Ouro

Luís Felipe Holanda Martins – Escola Municipal Juarez Tapety – Medalha de Prata

Letícia Holanda M de Carvalho – Escola Municipal Visconde da Parnaíba – Medalha de Prata

Débora Leal de Oliveira – Escola Municipal Juarez Tapety – Medalha de Bronze

Maiza Victória de Sousa Alves – Escola Municipal Juarez Tapety – Medalha de Bronze

Monara Susanny Lima de Sousa – Escola Municipal Visconde da Parnaíba – Medalha de Bronze

Célia Regina de Sousa Silva – Escola Municipal Visconde da Parnaíba – Medalha de Bronze

Bruno Weslley Borges Ribeiro – Escola Municipal Juarez Tapety – Menção Honrosa

Hiara de Moura Fé e Silva – Escola Municipal Juarez Tapety – Menção Honrosa

Luciana Carvalho da Silva – Escola Municipal Juarez Tapety – Menção Honrosa

Nícolas Rodrigues Alves – Escola Municipal Visconde da Parnaíba – Menção Honrosa

Andressa Morgana Quintana Souza – Escola Municipal Visconde da Parnaíba – Menção Honrosa

Bárbara Diva de Moura Alves – Escola Municipal Visconde da Parnaíba – Menção Honrosa

Hyruan Santtynny Pereira Viana da Silva – Escola Municipal Visconde da Parnaíba – Menção Honrosa

Leandro Henrique Ferreira Estevão – Escola Municipal Juarez Tapety – Menção Honrosa

Pedro Luiz de Moura Marques – Escola Municipal Aleksandra Tapety (Povoado Morro Redondo) – Menção Honrosa

Thaynara Pereira de Sousa – Escola Municipal Visconde da Parnaíba – Menção Honrosa

Yara Ravena Gomes da Silva – Escola Municipal Visconde da Parnaíba – Menção Honrosa

Fonte: Ascom

Profissionais de Oeiras participam de Congresso Nacional de Reabilitação

Os profissionais de fonoaudiologia e fisioterapia do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) de Oeiras participaram entre os dias 12 e 17 de novembro do 1° Congresso Nacional de Reabilitação, realizado no Gran Hotel Arrey, em Teresina.

Promovido pela Associação Reabilitar e Centro Integrado de Reabilitação (CEIR), o evento teve como objetivo aprofundar os estudos sobre os principais aspectos da reabilitação, que, além de pensar na independência física do paciente, visam à humanização do tratamento e à valorização de vida.

A programação científica contou com profissionais renomados do Brasil e teve como tema "Tendência é Novidades e Reabilitação”, dando atenção à reabilitação de três tipos de deficiência: Física, Intelectual e Auditiva, trazendo o que há de mais atualizado sobre o tema.

Os profissionais participaram também dos cursos e oficinas de prescrição de órteses e próteses, curso para prescrição de cadeira de rodas e adequação postural; psicomotricidade é o ensino estruturado em favor do desenvolvimento e bem estar de crianças com ETA e alterações neurológicas de fala e linguagem: disartria e afasia.

Fonte: Ascom

Posts anteriores