Cidadeverde.com

Profissionais de saúde participam de capacitação sobre mucopolissacaridose em Oeiras

Agentes comunitários de saúde, enfermeiros e agentes de endemias participaram nesta quinta-feira, 23, no auditório do Centro Diocesano, de uma capacitação sobre a Mucopolissacaridose (MPS) – doença genética rara, crônica e progressiva, causada pela deficiência ou ausência de uma enzima no corpo.

A capacitação foi promovida pela Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria do Hospital Infantil Lucídio Portela e o laboratório Shire. “A pessoa que tem essa doença já nasce com ela, não é uma doença que desenvolveu depois de nascido, não é contagiosa, porém é uma doença rara e hoje já existe tratamento para algumas formas da dela”, explica a enfermeira Regilane Dantas, do Hospital Infantil, mediadora da capacitação.

Regilane Dantas destaca que o objetivo da capacitação é transmitir conhecimentos para que os profissionais de saúde conheçam e identifiquem o mais precocemente possível a síndrome na população. “Os agentes comunitários de saúde entram na casa dos pacientes, na casa das famílias e têm esse contato direto. Temos a experiências de pacientes que passaram por vários profissionais de saúde e a doença passa despercebida. Ano passado, temos um índice de oito crianças que foram diagnosticadas com mucopolissacaridose do tipo 2. Deles, três foram diagnosticadas por médicos e cinco encaminhados pelo agente comunitário de saúde”, ressalta a enfermeira.

No Piauí já foram diagnosticados vários casos da doença. O tratamento é realizado no Hospital Infantil Lucídio Portela, em Teresina, e consiste na reposição da enzima que está deficiente no organismo. Isso é feito por meio de infusão intravenosa no paciente, a cada semana. 

Fonte: Ascom

V Feira Literária de Oeiras (FLOR) será lançada nesta sexta-feira (24)

Será lançada nesta sexta-feira, 24, a 5ª edição da Feira Literária de Oeiras (FLOR), evento que acontece entre os dias 1º e 03 de dezembro. O lançamento da programação acontece na Sala de Reuniões da Prefeitura Municipal, às 10h30. O evento estava previsto para acontecer em novembro, mas foi adiado para abrir o mês de comemoração do aniversário de 300 anos de Oeiras.

Este ano, a FLOR homenageia o professor e escritor piauiense, Cineas Santos. A obra dele é objeto de análises e estudos em projetos desenvolvidos pelas escolas da rede municipal de ensino desde o início do ano letivo de 2017.

Entre as novidades da Feira Literária, a professora Tiana Tapety, secretária municipal de Educação, adianta que será lançado um livro de Cineas Santos, homenageando Oeiras. Intitulada ‘O Parceiro do Vento’, a publicação é destinada ao público infanto-juvenil.

Outra novidade da FLOR 2017 é que o evento será exibido no programa “Feito Em Casa”, apresentado por Cineas Santos na TV Cidade Verde, nas manhãs de sábado.

Em quatro edições, a FLOR já homenageou nomes renomados da literatura infanto-juvenil brasileira, como Monteiro Lobato (2013), Ziraldo (2014), Maurício de Sousa (2015) e Ruth Rocha (2016).
Cineas Santos

Cineas das Chagas Santos, 68 anos, nasceu na localidade Campo Formoso, município de Caracol, no sertão do Piauí. Poeta, cronista, professor, agente cultural, advogado e editor, é autor de diversos livros, muitos deles de temática infanto-juvenil – ‘Miudezas em Geral’, ‘Tinha que acontecer’, ‘ABC da ecologia’, ‘Aldeia grande’, ‘O menino que descobriu as palavras’, ‘Nada além’, ‘Ciranda Desafinada’, ‘Trem da Vida’, ‘Donas Purcina: a matriarca dos loucos’. É também autor da letra do Hino de Teresina, em parceria com o músico Erisvaldo Borges.

Fonte: Ascom

Oeiras conquista Selo Ambiental e receberá ICMS Ecológico em 2018

A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí divulgou a classificação referente à habilitação e postulação dos municípios para adesão ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços – ICMS Ecológico. O resultado, publicado na edição do Diário Oficial da última sexta-feira, 17, coloca Oeiras entre as vencedoras do Selo Ambiental, premiação destinada às cidades que atendem as exigências previstas na Lei n° 5.813/2008 para a melhoria da qualidade de vida, através da promoção de políticas e ações de gestão ambiental.

A classificação é feita de acordo com o número de itens atendidos numa lista total de dez requisitos. O município que atende no mínimo três itens recebe o Selo Ambiental como prêmio pelas ações que vem desenvolvendo para proteção do meio ambiente e recursos naturais. A premiação é feita em três categorias, sendo que quem atende a três itens é enquadrado na categoria C, quem atende a quatro requisitos fica na categoria B e para ser classificado na categoria A, a cidade deve atender pelo menos seis itens.

O repasse dos recursos do ICMS Ecológico é feito de acordo com a categoria na qual o município ficou classificado. Oeiras ficou classificada na categoria B e receberá 1,65% do total de 5% do recurso destinado aos municípios; Teresina, Altos e Campo Maior na categoria A vão dividir 2% e Corrente e Piripiri na categoria C irão repartir 1,35%. Apenas os seis municípios conseguiram atender as exigências da lei.

O prefeito José Raimundo argumenta que a conquista é fruto de uma gestão organizada. “Nesse processo envolvemos várias secretarias – Secretaria Municipal de Agricultura, através do Departamento de Meio Ambiente; Saúde; Administração e de Educação, cada uma pontuando e juntando ferramentas no sentido de formalizar o projeto do ICMS Ecológico. Contratamos uma consultoria para condução do processo e logramos êxito”, celebra José Raimundo, informando que 15% do recurso serão aplicados em saúde e 25% investidos em educação.

“Para Oeiras é uma conquista substancial, em termos de incremento financeiro, para que tenhamos um melhor planejamento nas nossas decisões e naquilo que pretendemos implementar no município. Esse recurso vai incrementar e nos dar uma tranquilidade no que diz respeito a investimentos”, arremata o prefeito.

Fonte: Ascom

Freio de mão falha e caminhão de vereador mata criança de sete anos

Atualizada às 16h

Uma criança de sete anos de idade morreu após ser atropelada por um caminhão desgovernado na cidade de Cajazeiras do Piauí, distante 266 quilômetros de Teresina. O menino brincava na rua de casa com outras crianças quando foi atropelado pelo veículo, conduzido pelo vereador da cidade, Josué da Silva Soares, o Jota. 

O acidente aconteceu no final da manhã deste sábado (18) e o clima de comoção toma conta dos moradores.

O delegado Antônio Nilton, da 4º Delegacia Regional da Polícia Civil, informou ao Cidadeverde.com que o menino estava brincando de bicicleta quando o caminhão, que foi estacionado pelo vereador, desceu a rua e atropelou o garoto. Outras duas crianças que também brincavam saíram a tempo e não foram atingidas. 

Após atingir o menino, o caminhão só conseguiu parar depois de invadir uma residência localizada na rua. O delegado conta que, por pouco, outra morte não aconteceu, já que uma criança que estava na sala da casa correu para não ser atropelada pelo veículo.  

O vereador estacionou o caminhão e desceu do carro para que seus funcionários fizessem um carregamento. Quando a Polícia Civil chegou ao local do acidente o parlamentar não estava mais presente. 

A Polícia Civil realizou perícia no local do acidente e constatou que o freio de mão do caminhão estava com falhas e não funcionava. A marcha do veículo também não estava engatada.

A 4º Delegacia Regional da Polícia Civil abrirá inquérito para investigar o caso e determinar a dinâmica do acidente. O delegado Antônio Nilton informa que o vereador Jota pode ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. 

O Cidadeverde.com tentou falar com o vereador Jota, mas as ligações não foram atendidas.

 

Fotos: Mural da Vila

 

 

Izabella Pimentel 
redacao@cidadeverde.com 

Artesanato oeirense ganha espaço no Mercado Municipal Dona Lili

O artesanato oeirense ganhou um espaço especial no Mercado Municipal Dona Lili, em Oeiras. Por iniciativa da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio (Semic), a loja foi aberta esta semana e é dotada de uma grande variedade de produtos artesanais – artigos em linha, palha, cerâmica e madeira com representações da cultura local.

A secretária municipal de Indústria e Comércio, Carla Martins, explica que a loja funciona como uma vitrine para o trabalho dos artesãos de Oeiras. “Qualquer artesão que estiver interessado, pode procurar a Semic, que nós encaminhamos os produtos para a venda na loja”, pontua a secretária.

“Nosso intuito é movimentar o comércio de artesanato em Oeiras. Sabemos que a maioria dos artesãos de nossa cidade têm o artesanato como complemento de renda. Então, decidimos dar esse apoio a eles, no que diz respeito à divulgação de seus produtos. Aqui no mercado tem um fluxo maior de pessoas”, completa Carla Martins.

Ela comenta também que a Semic está providenciando a instalação de uma sala especial para a realização de oficinas permanentes no Centro de Artesanato Salomé Tapety que, em breve, será aberta.

Fonte: Ascom

Sorteio do IPTU Premiado terá moto zero e acontece dia 22 de dezembro em Oeiras

A Prefeitura de Oeiras sorteará nove prêmios entre os contribuintes em 2017 – moto zero km, fogão, geladeira, TV 32’’ e aparelhos smartphones. O sorteio faz parte da campanha IPTU Premiado e será realizado no dia 22 de dezembro, às 9h, no Mercado Municipal Dona Lili.

O IPTU Premiado foi instituído para estimular a arrecadação do Imposto Predial e Territorial Urbano e consiste na distribuição gratuita de prêmios, mediante sorteio, entre os contribuintes que pagarem o IPTU/2017, e, ainda, não possuírem débitos de IPTU de exercícios anteriores vencidos.

Para participar, os contribuintes deverão apresentar seus impostos quitados junto ao setor de tributos e arrecadação da Prefeitura de Oeiras, das 14 às 16h. Os cupons para participação no sorteio devem ser preenchidos e depositados numa urna instalada no Paço Municipal.
A receita do IPTU é aplicada nas áreas de saúde, educação, infraestrutura e na manutenção de todos os serviços públicos municipais.

Prêmios do IPTU Premiado:
1° PREMIO – Uma moto POP110
2° PREMIO – Um fogão seis bocas
3° PREMIO – Uma Geladeira Duplex
4° PREMIO – Uma TV tela plana, 32”
5° PREMIO – Um celular Smartphone
6° PREMIO – Um celular Smartphone
7° PREMIO – Um celular Smartphone
8° PREMIO – Um celular Smartphone
9° PREMIO – Um celular Smartphone

Fonte: Ascom

Oeiras recebe Seminário de Formação de Controladores Sociais e Ouvidoria Itinerante do TCE-PI

Teve início nesta segunda-feira, 06, em Oeiras, o XXXVI Seminário de Formação de Controladores Sociais e Ouvidoria Itinerante. Promovido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), o  evento é destinado à qualificação de gestores e capacitação de cidadãos para o controle social da gestão pública.

A abertura do seminário aconteceu no Cine Teatro e reuniu dezenas de autoridades, entre elas, o presidente do TCE-PI, Olavo Rebelo; o prefeito de Oeiras, José Raimundo; o vice Martinho Menezes; o presidente da Câmara Municipal, José Alberto Pinheiro de Araújo e gestores públicos de diversas cidades vizinhas.

Duas palestras foram ministradas na abertura do evento – “Organização e Competência do TCE-PI”, do procurador do Ministério Público de Contas (MPC), José Araújo Pinheiro Júnior, e “Controladoria Municipal – Instrumento de Gestão de Recursos Escassos”, do auditor governamental Márcio Souza, gerente de Controle Interno da Controladoria-Geral do Estado (CGE-PI).

“O seminário traz para os municípios desta região uma contribuição muito forte na área de capacitação de servidores para lidar com as questões públicas, que são complexas, que têm normas específicas e que, muitas vezes, o servidor não está habituado a lidar com elas e são julgados pelo que fazem. O Tribunal de Contas, como órgão que analisa e faz julgamento da gestão na aplicação destas normas, acertadamente traz para os município a sua visão de como devem ser feitos os trabalhos, como as tarefas devem ser executadas, para cumprimento das formalidades e uso eficiente dos recursos públicos”, defende o auditor governamental, Márcio Souza.

Segundo o presidente da TCE-PI, Olavo Rebelo, o seminário estimula a participação cidadã na fiscalização da administração pública e capacita os gestores municipais para a realização de gestões corretas e eficientes. “Existem gestores com mais experiência e outros com menos experiência e a todos esse encontro deixa benefícios. E também para nós, porque a educação é de mão dupla. Na medida que nossos técnicos ensinam, eles também aprendem”, afirma o presidente do Tribunal de Contas.

O prefeito José Raimundo diz que a crise econômica por que passa o país impõe sérios desafios à gestão dos municípios. “Em todos os momentos nos deparamos com variáveis administrativas que despendem recursos.  Então, temos sempre que estar buscando mecanismos para suprirem essas necessidades. É um desafio enorme para nós, gestores, fazermos isso acontecer e dar resolutividade a esses problemas. É desafiador encontrar mecanismos para suprir as necessidades que a todo momento surgem na gestão municipal”, pontua o prefeito.

O evento acontece até quarta-feira, dia 08, no Campus da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), oferecendo 18 minicursos sobre temas relacionados à administração pública, como licitações e contratos, normas para a prestação de contas, aplicação de recursos e realização de obras e serviços públicos. Realizado por meio da Escola de Gestão e Controle (EGC), o Seminário de Formação de Controladores Sociais e Ouvidoria Itinerante está sendo realizado nas cidades-polo do Estado como forma de promover a boa gestão e a correta aplicação dos recursos públicos.

O foco é a orientação aos gestores e incentivo à participação popular no controle e fiscalização da gestão. Participam ainda do evento conselheiros municipais e representantes de entidades sindicais e comunitárias, e profissionais liberais, como advogados e contadores. O evento é realizado em parceria com a Prefeitura de Oeiras e órgãos e entidades como Sebrae-PI (Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa no Piauí), Tribunal de Contas da União (TCU), Controladoria Geral do Estado (CGE-PI), Associação Piauiense de Municípios (APPM), União das Câmaras Municipais do Piauí, dentre outros.

Fonte: Ascom

Mulher é morta com pedrada após resistir suposto abuso sexual

Uma mulher identificada como Maria Elzenir de Sousa foi assassinada na noite desse domingo (05) na cidade de Oeiras, distante 313 quilômetros de Teresina. O principal suspeito do crime é um amigo do filho da vítima, André Lucas de Sousa Nascimento, que foi preso em flagrante. 

Maria Elzenir foi morta com uma pedrada, que destruiu parte do seu crânio. O delegado da Polícia Civil, Francisco Rodrigues, informou ao Cidadeverde.com que a mulher foi assassinada após resistir a um suposto abuso sexual. 

“A impressão é de que ele tentou forçar um ato sexual com ela. A mulher resistiu e ele a matou com uma pedrada”, conta o delegado, que analisa o caso como feminicídio. O crime aconteceu dentro da casa da vítima, que no momento estava confraternizando com o filho e o namorado. 

A polícia constatou marcas de mordidas no pescoço da vítima. O corpo foi encaminhado para perícia na cidade Picos, que vai confirmar se houve ou não abuso sexual. 

Pedra usada no crime. Foto: Mural da Vila


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

Prefeitura de Oeiras convoca 09 aprovados em concurso público

O prefeito José Raimundo autorizou nesta quarta-feira, 1º, a convocação de nove aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura de Oeiras em 2014. Os convocados deverão ocupar funções de técnico agrícola, auxiliar administrativo, agente administrativo e um turismólogo.

Os aprovados devem comparecer à sede da Prefeitura Municipal, situada na Praça das Vitórias, 37, no centro de Oeiras, no período de 20 a 24 de novembro de 2017, munidos da documentação citada no edital.

A solenidade de nomeação dos candidatos habilitados, que comparecerem no período estipulado, será marcada após a entrega da documentação.

Confira os convocados:
CARGO: TÉCNICO AGRÍCOLA – Secretaria Municipal da Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente
Francisco das Chagas dos Santos Carvalho – Inscrição 3.360
CARGO: AUXILIAR ADMINISTRATIVO – Secretaria Municipal de Assistência Social
Maria Luzilene Silva da Costa – Inscrição 3.036
Francisco Ramos de Aquino – Inscrição 1.474
CARGO: AGENTE ADMINISTRATIVO – Secretaria Municipal de Assistência Social
Vanessa Ferreira da Silva – Inscrição 1.980
Jonas Gonçalves de Moura – Inscrição 1.198
Luiz Henrique Barbosa Nunes – Inscrição 1.172
Herlandio Andrade Silva – Inscrição 3.714
Francildo Miranda Vieira – Inscrição 3.550
CARGO: TURISMÓLOGO – Secretaria Municipal de Cultura e Turismo
Luziane Barroso de Moura Sousa – Inscrição 580

Fonte: Ascom

Prefeito Zé Raimundo anuncia novidades no Mercado Municipal de Oeiras

O prefeito de Oeiras, José Raimundo, anunciou nesta terça-feira, 31, uma série de novidades para o Mercado Municipal Dona Lili. Entre as medidas estão: a permissão da venda de bebida alcoólica nos pontos de restaurantes e lanchonetes; a diversificação dos produtos comercializados e a isenção do pagamento de taxas nos meses de novembro e dezembro, desde que permissionários estejam adimplentes até 10 de novembro.

Segundo o gestor, as medidas atentem uma pauta de reivindicações feitas pelos permissionários. “Nosso intuito é fazer com que o mercado continue um local de referência na comercialização para a toda a população de Oeiras. E para que os permissionários, cada vez mais, sintam o ambiente favorável a isso, o poder público municipal na sua sensibilidade e responsabilidade buscou fazer um entendimento com todos aqueles que lá trabalham”, afirma o prefeito.

A venda de bebida alcoólica fica restrita à comercialização de cerveja e será fiscalizada pela direção do mercado. “Acreditamos que todos aumentarão seus rendimentos dentro de uma responsabilidade, logicamente, atendendo à direção do mercado na disposição da bebida alcoólica, dentro do horário de funcionamento. Acreditamos também que isso dará um impulso significativo para as pessoas que trabalham com a atividade de restaurante e lanchonete”, pondera Zé Raimundo.

O prefeito informa que, os permissionários em dia com o pagamento das taxas do mercado, só voltarão a pagar os tributos no final de janeiro. “Com relação ao recolhimento de tributos, fizemos um entendimento e, durante os meses de novembro e dezembro, iremos abonar o pagamento, para aqueles que estejam adimplentes até o dia 10 de novembro. Quem estiver em atraso, procure a direção do mercado para regularizar sua situação”, pontua.

Também está admitida a diversificação dos produtos comercializados, ou seja, os permissionários poderão, a partir de agora, oferecer artigos variados em seus pontos. “Aqueles pontos que trabalham com cereais, que queiram vender verduras; ou os que trabalham com verduras que queriam vender um condimento...Isso foi acordado e será permitida essa diversificação de comercialização desses produtos”, explica o prefeito.

“Entendemos que essas medidas são para melhor funcionamento do mercado e para dar fôlego às pessoas que lá trabalham. Queremos que a atividade no mercado seja cada vez mais atraente”, finaliza Zé Raimundo.

Novo serviço
Outra novidade é que, a partir da segunda semana de novembro, o Mercado Municipal ganhará um box para emissão do Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR), que vai atender a demanda de todo o Território Vale do Canindé. O serviço vai ficar a cargo do engenheiro agrônomo Manoel Martins de Sousa e vai facilitar o acesso ao documento, sem que haja a necessidade de deslocamento do produtor rural para Teresina. O Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR) é o documento que comprova a regularidade cadastral do imóvel rural.

Nova direção
Nos próximos dias, o Mercado Municipal Dona Lili ganha também um novo diretor. Assume o posto, o administrador, Rafael Rêgo, que ocupava o quadro profissional da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio (Semic). “É uma grande oportunidade e um grande desafio. Vamos trabalhar para realizar uma boa gestão à frente do Mercado Municipal Dona Lili”, comenta Rafael Rêgo.

O atual diretor, Giovane Oliveira, que dirige o mercado desde sua abertura, em março deste ano, agora vai trabalhar na iniciativa privada. “Sou grato pela oportunidade. No entanto, recebi uma proposta irrecusável para meu crescimento pessoal e profissional. Desejo sucesso ao novo administrador”, pontua Giovane Oliveira.

Fonte: Ascom
 

Posts anteriores