Cidadeverde.com

Hospital de Oeiras vai receber 10 leitos de UTI na segunda-feira

 

A abertura da Unidade de Terapia Intensiva(UTI) adulta, com 10 leitos no Hospital Regional Deolindo Couto, em Oeiras, é mais um importante avanço na saúde pública no sul do Estado. A UTI será inaugurada pelo governador Wellington Dias e o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, na segunda, 23, durante as atividades alusivas à Adesão do Piauí à Independência do Brasil.

Com a abertura da UTI, o Hospital consolida-se na assistência de média e alta complexidade na região do Vale do Canindé, tendo a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), como referência na urgência e emergência. O complexo hospitalar atende uma população estimada em mais de 120 mil habitantes, de 17 municípios.

A UTI, que teve projeto e início de construção ainda no segundo governo Wellington Dias, sendo secretário à época, o deputado federal Assis Carvalho, vai fortalecer a descentralização de serviços nas regionais de saúde, e levando assistência resolutiva para mais próximo da população. “Nossa proposta é levar cada vez mais os serviços de especialidades às demais regiões de saúde de nosso Estado e assim o governador Wellington Dias consegue concretizar e ofertar uma assistência adequada mais próximo do município de residência do paciente”, explica Costa.

A construção da UTI teve investimento de R$ 962.290,03, oriundos do Governo do Estado e para equipar, a Secretaria de Estado da Saúde contou com emenda do deputado federal Assis Carvalho e programa e projetos da Secretaria/Ministério da Saúde, no valor de R$1,8 milhões e custeio anual de Média e Alta Complexidade (MAC), também do deputado, com recursos de mais de R$1 milhão.

 

Fonte: Ccom
cidades@cidadeverde.com

Governo do Estado transfere sede do executivo para Oeiras

Em comemoração ao 194º aniversário de adesão do Piauí à Independência do Brasil, ocorrido em 24 de janeiro de 1823, o Governo do Estado instala a sede do poder executivo estadual em Oeiras, primeira capital do Piauí, nos dias 23 e 24 de janeiro. Nessas datas, o governador Wellington Dias e os secretários terão suas atividades transferidas para o município, localizado a cerca de 300 km de Teresina.

O secretário de Governo, Merlong Solano, afirma que a iniciativa tem um valor simbólico e visa manter viva na memória da população a participação dos piauienses na luta pela independência do Brasil, contra o domínio de Portugal. “É um reconhecimento à importância histórica e cultural do município, não só para os piauienses, mas para todos os brasileiros”, destaca Merlong.

Em 24 de janeiro de 1823, aproveitando a ausência do chefe das Forças Armadas, major Fidié, o brigadeiro Manoel de Sousa Martins realizou uma rebelião em Oeiras e ocupou o Palácio de Governo, proclamando a independência do Piauí de Portugal. A decisão forçou o retorno de Fidié, que tentava sufocar um levante em Parnaíba. No retorno, o major se deparou com resistências em Campo Maior, que culminaram na Batalha do Jenipapo, episódio que contribuiu decisivamente para a independência do Brasil.

A programação completa para os dias 23 e 24 será divulgada em breve, mas o secretário Merlong Solano adianta que dentre as atividades planejadas está a inauguração de unidades habitacionais do Conjunto “Wellington Gonzaga”, visita às obras de construção do Campus da UESPI, entrega de veículos do projeto “Viva o Semiárido”, entrega de títulos definitivos de terras, inauguração de leitos na UTI Adulto e implantação do Consultório Oftalmológico do Hospital Regional Deolindo Couto.

Também serão realizadas: a solenidade de instalação da Justiça Itinerante em Oeiras, a inauguração do Instituto Histórico na Casa das 12 Janelas, apresentações artísticas e a solenidade de outorga da Ordem do Mérito Renascença do Piauí.

Os poderes legislativo e judiciário também irão instalar provisoriamente suas sedes no município. O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado João de Deus, afirma que a iniciativa também marca o início das comemorações pelos 300 anos de emancipação de Oeiras, que serão completados no dia 26 de dezembro deste ano.

Fonte: Ccom
cidades@cidadeverde.com

Prefeito eleito em Oeiras toma posse e pede mandato produtivo aos vereadores

 José Raimundo de Sá Lopes conhecido como Zé Raimundo (Foto:  Folhadeoeiras.com)

O prefeito eleito de Oeiras, Zé Raimundo (PP), tomou posse neste domingo (1º) em cerimônia realizada na Câmara Municipal.  Também tomou posse o seu vice, Martinho Menezes (PSB).

Na solenidade, Zé Raimundo saudou os vereadores e pediu que todos tivessem um mandato produtivo e de compromisso com a cidade, independente de filiações partidárias. 

Em seu primeiro discurso, o prefeito disse que irá fazer um governo pautado no planejamento e atenderá, sobretudo, as demandas da população mais carente do município, que fica a 271 km de distância de Teresina. 

“Inicio hoje o desafio de continuar avançando, sempre focado no crescimento da nossa terra, que este ano completa 300 anos. Que posamos juntos, de maneira democrática e participativa, celebrar Oeiras com muito trabalho”, declarou Zé Raimundo.

Câmara Municipal 

A eleição para presidência da Câmara Municipal de Oeiras elegeu o vereador José Alberto (PP) para o biênio 2017-2018.  Composição da mesa diretora: 

Presidente: José Alberto
Vice: Nilson Miranda
Primeiro Secretario: Espedito Martins
Segundo secretário: Alexandre Meneses
Primeiro Suplente: Letiano
Segundo Suplente: Neander

 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 
Com informações Folhadeoeiras.com

Oeiras +300 celebra o tricentenário da primeira capital do Piauí neste domingo (25)


 
Em 2017, a primeira capital do Piauí comemora o tricentenário de sua emancipação política. Para celebrar esse marco na história de Oeiras e do Estado, a Secretaria Municipal de Economia Solidária e Criativa (Semest) e a Secretaria Estadual de Cultura (secult) vão realizar o evento Oeiras +300, no dia 25 de dezembro, no Parque da Cidadania, em Teresina, reunindo artistas oeirenses, além da Orquestra Sinfônica de Teresina (OST).
 
“Temos que compreender a importância de Oeiras para a história e cultura de nossa gente. No dia 26 de dezembro de 2017, Oeiras comemora trezentos anos de emancipação política, momento importantíssimo para divulgarmos mais e melhor as tradições do município na capital. A ideia é que durante todo o ano possamos realizar eventos pontuais na capital para relembrar essa data”, reforça Olavo Braz, secretário municipal de Economia Solidária e Criativa.
 
Para reafirmar a importância de Oeiras, também será realizada uma exposição temática sobre os principais símbolos históricos e culturais do município, como a Procissão de Bom Jesus dos Passos, a Festa do Divino e a escrava Esperança Garcia.
 
“Trata-se de uma exposição de um filho de Oeiras que está pondo o seu acervo à disposição do público. Ao todo serão expostas umas 60 obras de arte, incluindo 30 esculturas de anjos com tamanho de 1m10cm, 20 esculturas de divinos e 20 telas. O espaço será elaborado pelos artistas plásticos Reisinha e Stênio, com supervisão do arquiteto Júlio Medeiros”, explica Olavo Braz, ao comentar que as telas são de sua autoria, enquanto as esculturas são de santeiros como Maurício Jonas e Junior.
 
Para o secretário estadual de Cultura, Fábio Novo, a importância histórica de Oeiras deve ser difundida para outras cidades, incluindo a capital. “Muitas pessoas desconhecem a riqueza cultural presente em Oeiras. Recentemente, inauguramos a Escola de Bandolins da cidade, que ajuda a manter essa tradição, formando novos músicos oeirenses. Por lá, temos ainda o Sobrado Major Selemérico, que reúne objetos e um pouco da história do nosso Estado e de como tudo começou”, diz. 
 
O evento Oeiras +300 é uma realização da Interáudio e Secretaria Municipal de Economia Solidária e Criativa (Semest), patrocínio do Governo do Estado via Secretaria Estadual de Cultura (Secult) e apoio da Prefeitura de Teresina e Prefeitura de Oeiras.
  
Programação
 
OEIRAS+300
Data: 25 de dezembro
Local: Parque da Cidadania
 
19h - Abertura
20h - Robertinho Chinês & Jazz no Fole, com participação de Luana Campos
21h - Orquestra Sinfônica de Teresina
 
Exposição Oeiras +300
Abertura: 06 de Fevereiro, às 19h
Local: Shopping Rio Poty

Sai emenda para equipar UESPI de Oeiras

Foi empenhada, na terça-feira (20), emenda do deputado federal Assis Carvalho (PT/PI) destinada à aquisição de equipamentos e materiais permanentes para o campus de Oeiras da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

O recurso no valor de R$ 967.648, viabilizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), é procedente de emenda individual do parlamentar apresentada no ano de 2015.

Atualmente, a UESPI de Oeiras funciona em condições improvisadas, em um prédio histórico no centro da cidade. A construção da sede própria foi autorizada pelo reitor Nouga Cardoso, neste sábado (17), com emenda já liberada do deputado Assis e recursos próprios do governo do Piauí. A emenda empenhada hoje será utilizada para equipar o novo campus.

Fonte: Ascom
cidades@cidadeverde.com

José Raimundo Sá é diplomado prefeito de Oeiras

O prefeito eleito de Oeiras, José Raimundo de Sá Lopes (PP), o vice-prefeito, Martinho Meneses e os 13 vereadores eleitos nas eleições de 2016 em Oeiras foram diplomados na última quinta-feira(15). 
 
A cerimônia, presidida pelo juiz eleitoral Luiz Henrique Moreira Rêgo, ocorreu no clube da AABB e também reuniu prefeitos e vereadores eleitos em outras seis cidades que compõem a 5ª Zona Eleitoral. A diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito e está apto a tomar posse no cargo.
  
Em seu discurso ao ser diplomado, Zé Raimundo destacou o compromisso com a gestão pública e com a continuidade do projeto de desenvolvimento da cidade. “Quero aqui reforçar nosso compromisso em pensar uma Oeiras não só para hoje, mas sim planejar uma cidade para o amanhã, construindo de maneira interativa uma gestão compartilhada, onde a população se sinta parte dela”, ressaltou o prefeito eleito de Oeiras.
 
“Os desafios são inúmeros, mas a coragem e a determinação para o trabalho, marcas de minha conduta como cidadão, serão o combustível para superarmos as adversidades”, completou Zé Raimundo.
 
A prestação de contas da campanha de Zé Raimundo foi aprovada na última segunda-feira (12) pelo juiz da 5ª Zona Eleitoral.


Da Redação 
redacao@cidadeverde.com

Ordem de construção de prédio da UESPI em Oeiras será assinada neste sábado

A Universidade Estadual do Piauí (Uespi) assinará, neste sábado (17),às 9h30, a Ordem de Serviço (OS) para a obra de construção do novo campus em Oeiras. Nesta etapa, deverão ser construídos dois blocos, sendo um administrativo e o outro de salas de aula, laboratórios e áreas de convivência.

Segundo o pró-reitor de Administração, Raimundo Isídio de Sousa, o valor da obra é de R$ 4.590.094,61. A solenidade de assinatura acontece no campus Possidônio Queiroz.

Os recursos para a construção são oriundos de uma emenda parlamentar do deputado federal Assis Carvalho. "Será um prédio de universidade bem equipado, e esperamos aumentar o número de concursados para que a gente possa investir ainda mais em educação. O nosso compromisso é investir sobretudo em educação pública e nesse sentido também já estarei destinando recursos para equipar este prédio e contribuir para uma universidade de alto nível", afirma o parlamentar.

"Nossos agradecimentos ao Governador Wellington Dias e ao Dep. Assis Carvalho pela contribuição em favor da nossa universidade", pontua o reitor da UESPI, Nouga Cardoso. O prazo de execução da obra é de 365 dias a partir do recebimento da Ordem de Serviço e Nota de Empenho pela Empresa. O acompanhamento e a fiscalização dos serviços serão realizados pelo Departamento de Engenharia da Uespi.

Fonte: secom
cidades@cidadeverde.com

 

 

 

Oeiras +300 celebra o tricentenário da primeira capital do Piauí

A religiosidade e as manifestações culturais são marcas registradas de Oeiras, a primeira capital do Piauí, que em 2017 comemora o tricentenário de sua emancipação política. Para celebrar esse marco na história do Estado, a Prefeitura de Oeiras e a Secretaria Municipal de Economia Solidária e Criativa (Semest) vão realizar o evento Oeiras +300, no dia 25 de dezembro, no Parque da Cidadania, em Teresina, reunindo artistas oeirenses, grupos de dança, além da Orquestra Sinfônica de Teresina (OST). 

“Temos que compreender a importância de Oeiras para a história e cultura de nossa gente. No dia 26 de dezembro de 2017, Oeiras comemora trezentos anos de emancipação política, momento importantíssimo para divulgarmos mais e melhor as tradições do município na capital. A ideia é que durante todo o ano possamos realizar eventos pontuais na capital para relembrar essa data”, reforça Olavo Braz, secretário municipal de Economia Solidária e Criativa. 

Além da participação de grupos tradicionais de dança de Oeiras, como o Congos e Conguinhos, os Bandolins de Oeiras e a Orquestra Sinfônica de Teresina, também será realizada uma exposição temática sobre os principais símbolos históricos e culturais do município, como a Procissão de Bom Jesus dos Passos, a Festa do Divino e a escrava Esperança Garcia. 

“Trata-se de uma exposição de um filho de Oeiras que está pondo o seu acervo à disposição do público. Ao todo serão expostas umas 60 obras de arte, incluindo 30 esculturas de anjos com tamanho de 1m10cm, 20 esculturas de divinos e 20 telas. O espaço será elaborado pelos artistas plásticos Reisinha e Stênio, com supervisão do arquiteto Júlio Medeiros”, explica Olavo Braz, ao comentar que as telas são de sua autoria, enquanto as esculturas são de santeiros como Maurício Jonas e Junior. 

O evento Oeiras +300 é uma realização da Prefeitura de Oeiras e da Secretaria Municipal de Economia Solidária e Criativa (Semest), com patrocínio do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Cultura (Secult) e apoio da Prefeitura de Teresina. 
 
Programação

OEIRAS +300
Local: Parque da Cidadania
Data: 25 de dezembro 

19h - Abertura com Congos e Conguinhos de Oeiras
20h - Robertinho Chinês e Bandolins de Oeiras
21h - Orquestra Sinfônica de Teresina

Exposição Oeiras +300
Local: Shopping Rio Poty
Data: 10 a 20 de janeiro
Horário da abertura: 19h

 
cidades@cidadeverde.com

Ação da Codevasf em Oeiras impulsiona o desenvolvimento regional

A circulação de produtos agrícolas, mercadorias, moradores e turistas vai ficar muito mais fácil em Oeiras, no sudeste do Piauí. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) vai investir cerca de R$ 1,2 milhão na pavimentação de vias nas zonas urbana e rural do município, localizado a 313 km da capital. Os recursos são oriundos do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por meio de emendas parlamentares.

Para a execução dos serviços, a Codevasf assinou três convênios com a Prefeitura Municipal de Oeiras. Serão pavimentados em paralelepípedo cerca de 13,4 mil m2 de acessos, sendo 11,4 mil m2 na zona urbana e 2 mil m² na zona rural.

“Aproximadamente 35 mil pessoas que vivem no município serão beneficiadas, uma vez que as obras estão previstas para serem executadas em diversos pontos, abrangendo toda a população de Oeiras”, explica Emanoel Cézar, engenheiro da Codevasf e fiscal dos convênios. Ele ressalta também que, além de promover a estruturação urbanística do local, a ação irá proporcionar melhoria no deslocamento urbano e facilitar a circulação de bens e serviços, como a produção agrícola do município.

Outro benefício da ação é quanto ao combate às doenças causadas pelo acúmulo de água residual doméstica e da chuva, como também na incidência de doenças respiratórias provocadas pela poeira das vias decorrentes dos vários meses de estiagem e ventanias intensas.

A economia

Em Oeiras, microrregião de Picos, o comércio é a maior fonte de renda, já que o município é o principal centro comercial do vale do Rio Canindé, articulando uma região de mais de 100 mil pessoas. 

A produção agrícola na zona rural do município destaca-se pelo cultivo de melancia, feijão, milho, mandioca, banana e tomate – e é praticada sobretudo por agricultores familiares. 

 

Com informações ascom/Codevasf
cidades@cidadeverde.com

Escola de bandolins Dona Petinha é aberta oficialmente no Festival de Cultura

Instrumento da família das cordas com formato de pêra, o bandolim faz parte da tradição cultural da cidade de Oeiras, município a 271 km de Teresina. A Escola de Bandolins, que ganhou o nome de “Dona Petinha”, foi aberta oficialmente neste sábado (19) dentro da programação do XI Festival de Cultura de Oeiras. As aulas vão acontecer no Sobrado Major Selemérico, que agora funciona também como casa de cultura. 

O Sobrado Major Selemérico foi reaberto em maio deste ano após ampla reforma e modernização e possui salas apropriadas para o início das aulas. A entrega simbólica dos bandolins foi feita pelo secretário estadual de Cultura, Fábio Novo, a seis crianças que já faziam oficinas nas escolas. Vinte novos instrumentos foram entregues aos alunos para garantir o início das aulas. 

“Nós estamos plantando sementes e preservando essa tradição que de modo algum deve morrer em Oeiras. Assim como acontece em Bom Jesus com a rabeca, o intuito é perpetuar essa tradição. Entregamos no início do ano o Major Selemérico que agora vai funcionar completamente com a escola”, afirma Fábio Novo.

Algumas oficinas já funcionavam em escolas municipais. Agora as aulas serão ministradas permanentemente na nova escola de bandolins. O ministrante das aulas, Herbert Vinícius, aprendeu a tocar o instrumento com a veterana dona Petinha, que fez questão de participar da cerimônia de entrega. Com apenas 24 anos o professor já dá aulas a crianças e participa também da Orquestra Renascença II que une pessoas de todas das idades. 

“Eu costumo dizer que os bandolins são um elo que liga Oeiras a Portugal. A principal característica dos nossos bandolins é esse toque lusitano, um som muito semelhante ao de Portugal. É uma honra muito grande dar continuidade a uma tradição secular da cidade”, conta o professor Herbert Vinicius. 

O Sobrado Major Selemérico ganhou restauração e modernização na sua estrutura, e além das salas de aula também conta com a galeria dos governadores, com móveis de época utilizados pelo Visconde da Parnaíba e que foram restaurados pela Secretaria Estadual de Cultura. O local apresenta também dois memoriais, um deles em homenagem a Possidônio Queiroz, músico oeirense que compôs grandes valsas e o outro homenageia Esperança Garcia.


redacao@cidadeverde.com

 

Posts anteriores