Cidadeverde.com

Fórum debate gestão em rede e prevenção da gravidez na adolescência em Oeiras

Aconteceu nesta quarta-feira, 18, o I Fórum Municipal de Ações Integradas de Oeiras. O evento, realizado no Centro Diocesano ‘Dom Expedito Lopes’, discutiu a importância da gestão em rede e o fortalecimento das ações de prevenção da gravidez na adolescência no município.

O Fórum foi promovido pela Prefeitura de Oeiras e contou com a participação de secretários municipais, enfermeiros, médicos, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, educadores físicos, fonoaudiólogos, dentistas, coordenadores pedagógicos e outros agentes públicos municipais envolvidos em ações para adolescentes.

O evento foi aberto com a apresentação musical da banda Geração Jovem, composta por estudantes da Escola Municipal Juarez Tapety e do grupo de flautistas da escola Cebolinha. A programação do fórum foi iniciada nesta terça-feira, 17, no auditório da Semed, com oficinas para agentes comunitários de saúde, que atuam nas zonas urbana e rural de Oeiras.

Tiana Tapety, secretária municipal de Educação, diz que o fórum possibilita o planejamento e a integração de ações entre as pastas que compõem a Administração Municipal, favorecendo o uso racional de recursos e melhorando a qualidade da prestação de serviços públicos. “Muitos de nós, que compomos a gestão, não conhecemos o trabalho do outro e deixamos de otimizar tempo e recursos fazendo trabalhos e desenvolvendo ações que poderiam ser pactuadas e integradas com outros setores, deixando a gestão mais eficiente”, argumenta a secretária municipal.

“Decidimos fazer esse fórum para que as secretarias pudessem se integrar e que, dentro desse processo de integração, possamos desenvolver um calendário de ação, onde vamos consorciar nossas ações e aplicá-las de maneira mais efetiva no município, no intuito de adquirir um desenvolvimento mais eficiente em relação a todas as ações que o Poder Municipal presta para a comunidade”, destaca Tiana Tapety.

‘Gestão em Rede para servir melhor’
Ministrante da palestra sobre Gestão Pública em Rede, a pedagoga Osana Moraes considera que o fórum colabora para oferecimento de serviços públicos com mais qualidade no município. “Tivemos a oportunidade de conversar com os agentes públicos de Oeiras sobre gestão em rede e de que forma as secretarias, irmanadas nessa ideia de trabalho articulado e integrado, podem conferir a prestação de um serviço público cada vez mais qualitativo para a comunidade de Oeiras”, pontua a ministrante.
“Percebemos o quanto cada secretário e sua coletividade de colaboradores tem pensado e refletido seriamente sobre isso. Então, discutir gestão em rede ganha importância, porque o povo precisa ser olhado com esse olhar integrado. As condições que carecem de ser estabelecidas em termo de gerenciamento para que suas necessidades sejam alcançadas e supridas precisam ser olhadas nessa perspectiva de rede”, prossegue Osana Moraes.

“A ideia é alargarmos o gerenciamento em rede, que já existe em Oeiras, articulando mais conhecimentos, trazendo novas proposições, construindo novos sonhos, na perspectiva de sempre conferirmos ao povo, o melhor, e a gestão em rede faz parte disso. Sem ela, é impossível se pensar na construção de um serviço integral, que atenda às necessidades do povo em tudo que ele precisa”, finaliza a pedagoga.

Índices apontam crescimento de casos de gravidez na adolescência em Oeiras
Dados disponibilizados pelo Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos, do Ministério da Saúde, apontam que é crescente o número de casos de jovens grávidas em Oeiras, na faixa dos 10 aos 19 anos. Os índices foram apresentados durante o fórum pela pedagoga Ruthneia Costa, que acredita que um trabalho de gestão em rede irá minimizá-los.

“Os indicadores de gravidez na adolescência estão elevados em Oeiras. Têm crescido muito de 2015 para cá. Muitas ações foram feitas, mas não conseguimos diminuir. E esse momento aqui foi um momento de reflexão, de colocarmos os pés no chão e percebermos tudo que caminhamos até agora, porque não conseguirmos diminuir, onde está o nó? Então, estamos reconstruindo um novo caminho para que possamos daqui a alguns meses já ver esse resultado”, defende Ruthneia Costa.

Ruthneia Costa comenta que a prevenção dos casos de gravidez na adolescência deve ser feita ao longo de todo o ano de 2018. “Está sendo feito um planejamento de ações integradas para o ano de 2018, porque temos que nos antecipar ao problema, vendo que ele está crescente. Tomamos duas medidas: a intervenção imediata onde está acontecendo o problema das adolescentes grávidas e, do outro lado, uma ação educativa e preventiva dentro das escolas. Então, essas ações integradas vão otimizar resultados, melhorar indicadores e a assistência oferecida pelo município”, conclui a pedagoga.

Fonte: Ascom

Oeiras capacita gestores de Simplício Mendes sobre licenciamento e fiscalização ambiental

A Prefeitura de Oeiras promoveu desta terça-feira, 17, uma capacitação sobre emissão de licenças e fiscalização ambiental para gestores do município de Simplício Mendes. A capacitação foi mediada pelos profissionais que atuam na Gerência Municipal de Meio Ambiente, órgão vinculado à Secretaria Municipal da Agricultura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMA). 

“Acolhemos a equipe da Secretaria de Meio Ambiente de Simplício Mendes, repassamos conhecimentos sobre fiscalização e licenciamento ambiental. Demonstramos os procedimentos desde o início até a emissão da licença ambiental. É interessante essa parceria com os municípios circunvizinhos”, avalia Adriano Ferreira, gerente municipal de Meio Ambiente, lembrando que, em agosto, o município realizou uma capacitação na mesma área, para gestores da cidade de Novo Oriente.

Fátima Moura Fé, secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Simplício Mendes, diz que o intercâmbio com Oeiras é importante para o desenvolvimento das atividades da pasta em seu município. “Viemos conhecer um pouco mais do trabalho que é feito aqui, porque estamos iniciando lá a parte de licenciamento e fiscalização ambiental. É importante que tenhamos esse conhecimento e esse diálogo com um município que já está mais avançado nesse processo”, explica a gestora.

“Estamos muito felizes com a iniciativa e com acolhida que recebemos aqui no município de Oeiras. Realmente, a impressão que tivemos no início se concretizou. O município está bem organizado, muito além do que nossa expectativa estava aguardando e está sendo de muita valia essa troca de conhecimentos e experiências aqui”, completa Fátima Moura Fé.

Agora, segundo a gestora, uma equipe de técnicos da Secretaria de Meio Ambiente de Simplício Mendes fará um estágio na Gerência de Meio Ambiente de Oeiras. “Próximo passo é a nossa equipe de fiscalização e licenciamento vir passar alguns dias aqui, num estágio, acompanhando o trabalho em campo, para aproveitarmos mais a experiência do município de Oeiras”, conclui Fátima Moura Fé.

Fonte: Ascom

Emater realiza em Oeiras encontro de avaliação das ações no Semiárido piauiense

O Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Piauí (Emater) realizou, no período de 04 a 06 de outubro, em Oeiras, o encontro de avaliação das ações promovidas pelo instituto no âmbito do Projeto Viva o Semiárido. No sentido de otimizar os resultados, o encontro foi dividido em duas etapas, reunindo coordenadores dos escritórios no primeiro dia, e o corpo técnico na segunda parte do evento.

Na primeira etapa do encontro, participaram os coordenadores regionais dos municípios de Picos, Valença e São Joao do Piauí; o diretor-geral do Emater, Marcos Vinicius; o diretor técnico Clébio Coutinho; a diretora administrativa Eliane Carvalho; o diretor de Educação Kalil Luz e a equipe do Projeto Viva o Semiárido/Emater. Para esse momento, a equipe dialogou sobre as principais dificuldades e soluções para superá-las.

Para tanto, Marcos Vinicius destacou a importância da diretoria do instituto ir aos escritórios locais para acompanhar de perto os trabalhos executados pelos técnicos no interior do estado, os problemas existentes e os avanços conquistados ao longo do ano.  “Parabenizo aos técnicos pelos trabalhos. É importante comentar que cada coordenador regional é um representante legal da diretoria. Nesse sentido, queremos alinhar as informações, para que possamos atender mais ainda os agricultores do nosso Piauí. Onde temos um coordenador regional atuante, as coisas ocorrem com naturalidade. O dia de hoje, com a presença dos gestores, é para dialogar. Refletindo as ações dentro dos regionais para promover a melhoria da Assistência Técnica e Extensão pública”, disse o gestor.

A segunda etapa do encontro foi destinada à apresentação dos projetos acompanhados pelo Emater que, além de órgão coexecutor do PVSA, é também responsável pela elaboração de um terço dos planos de negócios. Participaram desse momento 50 técnicos dos municípios atendidos pelo projeto, que fizeram, ao longo do dia, a explanação dos planos de negócios, o número de famílias beneficiadas e o aporte de recursos.

Viva o Semiárido 

O Programa Viva o Semiárido pretende contribuir com a redução da pobreza rural do Semiárido, buscando o fortalecimento de associações de pequenos agricultores em 89 municípios dos territórios do Vale do Sambito, Vale do Rio Guariba, Vale do Rio Canindé, Serra da Capivara e Vale do Rio Itaim.

O coordenador do Viva o Semiárido, André Rocha, explica que, com esse evento, o instituto cumpre o cronograma de ações, e que a ideia principal é promover uma sintonia entre os técnicos sobre todos os planos de negócios do PVSA. “Atualmente, temos 42 planos de negócios elaborados, 18 com recursos em conta e já em execução. Tivemos a oportunidade de acompanhar as dificuldades de cada técnico, buscando juntas formas de contorna-los”, finalizou Rocha.

Projetos em execução pelo Emater com recursos liberados

Regional de Oeiras
A equipe técnica do Emater está executando nos municípios de Oeiras, Santo Inácio do Piauí, São Francisco de Assis do Piauí e Bela Vista do Piauí, oito projetos nas cadeias produtivas de ovinocaprinocultura, avicultura caipira de corte, apicultura e casa de farinha. Ao todo, serão injetados, por meio do Projeto Viva o Semiárido, mais de um milhão e meio de reais para mais de 200 famílias.  

Regional de São João do Piauí
 São mais de 100 famílias beneficiadas nos municípios de São João do Piauí, Bela Vista do Piauí e São Francisco de Assis, somando mais de R$700 mil nas cadeias produtivas da mandiocultura, ovinocaprincultura e apicultura.

Regional de Picos
Nesta regional, atualmente existem dois projetos em execução com recursos liberados. Serão beneficiadas 36 famílias nas cadeias produtivas da caprinocultura e piscicultura nos municípios de Vera Mendes e Itainópolis, com recursos estimados em mais de R$ 300 mil. 

Regional de Paulistana
Estão sendo executados  quatro planos de negócios nos municípios  de Queimada Nova e Paulistana, beneficiando a  mais de 100 famílias com um aporte de recursos de quase R$ 600 mil.

 

cidades@cidadeverde.com

Prefeitura fará concurso para agente de trânsito e fiscal de tributos

Após a sanção da lei que implanta a municipalização no trânsito em Oeiras (a 313 km de Teresina), a Prefeitura anuncia que realizará concurso para agente de trânsito e fiscal de tributos. Serão seis vagas para gentes e duas para fiscal. 

Foto Ilustrativa

De acordo com o prefeito José Raimundo, o edital deve sair ainda este mês e os técnicos devem compor o quadro do sistema municipal de trânsito, através da Gerência de Transportes e Trânsito, a Coordenação de Trânsito do Município de Oeiras – COTRAN e a Junta Administrativa de Recursos de Infração de Trânsito – JARI. Depois do concurso, os aprovados passarão por um treinamento. 

O prefeito afirma que, com a municipalização, a Prefeitura amplia as condições para oferecer suporte ao cidadão, melhorando a operação do tráfego, atuando na educação, conscientização, segurança e fiscalização de condutores e pedestres.

“Nesses primeiros seis meses, faremos campanhas educativas e depois iniciaremos o processo de fiscalização. Não fugiremos de nossa obrigação, enquanto gestor público, de colocar estas ações em prática, no sentido de organizar o trânsito em nossa cidade. Para isso contamos com o apoio e colaboração de toda a sociedade”, argumenta Zé Raimundo, acrescentando que a Prefeitura também firmará convênios com a Polícia Militar para atuação no trânsito municipal.


Além da Municipalização do Trânsito, foram sancionadas: a lei que institui IPTU Premiado, programa que consiste na realização de sorteios de prêmios para estimular a arrecadação do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU); a legislação que define os procedimentos para licenciamento ambiental, no que diz respeito à utilização de fonte sonora no município e a lei que altera o Código Tributário de Oeiras.

 

Da Redação
cidades@cidadeverde.com

Bando explode agência da Caixa no Centro de Oeiras; houve troca de tiros com a PM

  • d7863596-3cd5-4d18-a2f6-8e7a8825ef38.jpg
  • b8ed2ab3-fa81-458a-983c-b0d43e9f6b30.jpg
  • afc9bb3f-9033-43ce-bfd9-746e21c0d748.jpg
  • 8699e764-49ec-47e9-a355-4b6b9393fd3a.jpg
  • 686f30c3-22b2-49da-9900-992d5f5083b1.jpg
  • 0de46726-ade9-4b6b-b2ba-87224cb6af7a.jpg

Atualizada às 12h30

Mais uma vez, os estouros de caixas eletrônicos  se tornaram frequentes no Piauí. Agora, o alvo foi a agência da Caixa Econômica Federal em Oeiras, a 313 km de Teresina. A explosão ocorreu por volta das 2h, desta sexta-feira (06). Veja vídeo abaixo:

De acordo com moradores, os suspeitos estavam divididos em duas pick-ups. Viaturas da Polícia Militar que faziam rondas ostensivas perceberam a movimentação estranha e conseguiram impedir que outros três caixas eletrônicos fossem estourados. A PM investiga se a ação tem ligação com a explosão que ocorreu há três dias em Pio IX, pois os mecanismos foram parecidos. 

"Antes da fuga, houve a intervenção da polícia e uma troca de tiros. Os marginais tinha a intenção de explodir todos os caixas eletrônicos, mas conseguiram explodir só um e depois seguiram em direção a Picos. A instituição já foi periciada e o levantamento de informações feito para prender essa quadrilha", comentou o comandante de policiamento do Cerrado, coronel Raimundo Rodrigues.

A Força Tática da cidade de Floriano foi acionada para auxiliar na captura dos suspeitos. Ainda não há informações sobre valores subtraídos. Até o momento, ninguém foi preso. 

Este é o segundo ataque a bancos somente esta semana. Na madrugada da quarta(03), uma quadrilha arrombou o cofre do Banco do Brasil em Pio IX e ainda a loteria e a farmácia da cidade. 

"Nós acreditamos que essa explosão tem alguam relação com a que houve em Pio IX, pois la também se tratava de duas SW-4 com poderio maior, com mais um carro de passeio com apoio", acrescentou o coronel.

Segundo levantamento do Sindicato dos Bancários do Piauí, este foi o 15º ataque a bancos no Piauí somente em 2017.

O coronel Rodrigues disse ainda que as instituições financeiras, principalmente a Caixa, Banco do Brasil e Bradesco, precisam adotar o mecanimos de tingir as notas dentro das máquinas, em caso de explosão, deixando o dinheiro inutilizado como já ocorre em Caixas 24 horas. "Com isso, iria diminuir ou até zerar esse tipo de ações em caixas eletrônicos". 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações Notícia da Manhã

 

Vereadores aprovam IPTU Premiado e Lei do Silêncio em Oeiras

A Câmara de Vereadores de Oeiras aprovou na sessão ordinária da última segunda-feira, 02, o projeto de lei que autoriza o município a instituir o programa IPTU Premiado, que consiste na realização de sorteios de prêmios para estimular a arrecadação do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU).

A medida, proposta pelo Poder Executivo, busca incentivar o pagamento do imposto sem atrasos, além de combater a inadimplência do IPTU.

Os vereadores também aprovaram um projeto de lei que dispõe sobre os sons urbanos e fixa níveis e horários em que serão permitidas sua emissão. A chamada Lei do Silêncio define os procedimentos para licenciamento ambiental, no que diz respeito à utilização de fonte sonora no município de Oeiras.

De acordo com a legislação aprovada pela Câmara, a emissão de sons e ruídos, decorrentes de qualquer atividade desenvolvida no município obedecerá aos padrões estabelecidos por esta lei, que objetiva garantir saúde, segurança, sossego e o bem estar público.

Também foi aprovado o projeto de lei que altera o Código Tributário do município de Oeiras. A medida considera necessária adequação do Código Tributário Municipal, de modo a acrescentar outras hipóteses de taxas ambientais e modificar a forma de definição das taxas, assegurando assim a efetiva proteção aos recursos naturais e preservação do equilíbrio ambiental.  

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

 

Câmara aprova municipalização do trânsito em Oeiras

A Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, na noite da última segunda(02), o projeto de lei para municipalização do trânsito em Oeiras. A medida visa a integração do município ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT), prevista pela Constituição Federal e apoiada pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O projeto de lei, que é de autoria do prefeito José Raimundo, dispõe sobre a criação de uma Gerência de Transportes e Trânsito, as atribuições da Coordenação de Trânsito do Município de Oeiras – COTRAN e da Junta Administrativa de Recursos de Infração de Trânsito – JARI.

O projeto deve ser sancionado pelo prefeito nos próximos dias. Com isso, a cidade terá que elaborar planejamentos, projetos, operações, fiscalização e educação de trânsito, não apenas no perímetro urbano, mas também nas estradas municipais.

Após a sanção, a Prefeitura terá autonomia para tomar decisões e promover ações. Além disso, através da nova política de trânsito, o município contará com mais receita para investimentos na implantação de estruturas que permitam estudos e regulação do tráfego, viabilizem melhorias da sinalização, aumentem a fluidez e tornem o trânsito mais seguro.

Ainda de acordo com o projeto, o provimento de vagas para o cargo de Agente Municipal de Trânsito será feito através de concurso público.

Ato público pela paz no trânsito

Nesta sexta-feira, 06, acontecerá no Ginásio Santaninha um grande ato público pela paz no trânsito. Escolas, entidades, igrejas, associações de classes, Poder Público, Subseção de Oeiras da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e outros organismos sociais estão mobilizadas em torno da causa.

Antes da audiência no Santaninha, ocorrerá uma grande caminhada, com concentração na Praça Raimundo Lopes, em frente ao estádio Gérson Campos, passando pela avenida Santos Dumont e descendo pela avenida Rui Barbosa, com parada em frente ao Hospital Deolindo Couto, como forma de homenagem as todas as vítimas do trânsito.

O movimento é articulado pela ex-delegada regional de Oeiras, Jannayna Nobre, atualmente defensora pública no Estado do Ceará, que sempre manifestou preocupação com a situação do trânsito em Oeiras. "O trânsito em Oeiras é um dos nossos maiores problemas e precisamos discutir, debater visando uma solução. A cada dia temos um crescente número de acidentes que deixam vítimas fatais e outras mutiladas”, argumenta Nobre.

“É necessário que medidas sejam tomadas com urgência visando disciplinar o trânsito em Oeiras, mas não somente coibir as infrações, mas acima de tudo educar o nosso povo. É importante debatermos a municipalização do trânsito, como também criar uma consciência coletiva de respeito no trânsito", acrescenta a defensora.


cidades@cidadeverde.com

Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde é tema de capacitação em Oeiras

Servidores da Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Educação e Gerência Municipal de Meio Ambiente de Oeiras participaram nesta sexta-feira, 29, de uma capacitação sobre o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS).

Ministrada pela consultora hospitalar e ambiental, Márcia Loiola, a capacitação aconteceu no auditório da Semed e faz parte do processo de implantação do ICMS Ecológico no município. “O objetivo principal desta capacitação é preparar o pessoal da Saúde, Educação e Meio Ambiente para o perigo que é a questão do lixo hospitalar. Precisamos levar a conhecimento público uma série de condutas”, afirma a consultora.

Em julho, a Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria Municipal de Saúde, implantou o serviço de coleta de resíduos sólidos nos estabelecimentos municipais de assistência à saúde. A atividade é realizada por uma empresa especializada no tratamento do lixo de ambientes hospitalares e segue orientações da legislação ambiental brasileira sobre a destinação correta de resíduos.

“Tudo isso é ganho para a cidade. A Prefeitura está fazendo um processo que chamamos de profilaxia, tirando o maior número possível de agentes que poderiam causar danos à saúde pública, danos ao Meio Ambiente, e dando a destinação adequada a esses resíduos”, argumenta Márcia Loiola. 


Da Redação
redacao@cidadeverde.com 

Oeiras realiza 1ª Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial

Debatendo o tema “O Brasil na Década dos Afrodescendentes: Reconhecimento, Justiça, Desenvolvimento e Igualdade de Direitos”, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), por meio da Coordenação de Políticas Públicas de Gênero, Raça, Etnia e Direitos Humanos, realizou nesta quinta-feira, 28, a 1ª Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, em Oeiras.

O evento aconteceu no Cine Teatro e reuniu representantes de diversos segmentos para discutir políticas públicas voltadas à igualdade racial e combate ao racismo. “A Conferência é um passo para a conscientização social, enfrentamento do racismo, discussão e efetivação de direitos. O resultado esperado é que a sociedade oeirense, assim como o Poder Público, alcancem políticas públicas mais eficazes e inclusivas com relação ao enfrentamento do preconceito social, que impede a construção da almejada sociedade justa e democrática”, pontua a secretária municipal de Assistência Social, Vanessa Reinaldo.

Militante do Movimento Negro no Piauí e uma das conferencistas do evento, Sônia Terra, diz que o evento promove a avaliação as políticas de promoção da igualdade. “Esse é um momento da escuta. Queremos que o município se inteire de que existem situações de desigualdades para com a população afrodescente. Cientes disso, buscaremos os avanços para melhorar e dar dignidade para esta população”, explana Sônia Terra.

As propostas discutidas serão enviadas para o Conselho Estadual e para o Conselho Nacional de Preservação da Igualdade Racial.  A Conferência Estadual acontece no dia 28 de outubro e insere todo o Piauí na pauta nacional, que discute todas as políticas de reparação da população afrodescendente.

Fonte: Ascom

Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial acontece nesta quinta (28) em Oeiras

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), por meio da Coordenação de Políticas Públicas de Gênero, Raça, Etnia e Direitos Humanos, promove nesta quinta-feira, 28, a I Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, em Oeiras.

Com o tema “Brasil na Década dos Afrodescendentes: Reconhecimento, Justiça, Desenvolvimento e Igualdade de Direitos”, o evento acontece no Cine Teatro, a partir das 8h da manhã.

O evento, que é aberto à população, contará com debates sobre o tema e as propostas discutidas serão enviadas para o Poder Executivo, para o Conselho Estadual e para o Conselho Nacional de Preservação da Igualdade Racial. “Toda a população é convidada a participar do debate e construção de propostas para o avanço das políticas públicas voltadas à promoção da Igualdade Racial”, convida a secretária municipal de Assistência Social, Vanessa Reinaldo. 
 
Fonte: Ascom

Posts anteriores