Cidadeverde.com

Copão Rural de Campo Maior integrou 25 comunidades do município

 

Com investimento de R$ 45 mil e com o objetivo de promover a integração da zona Rural de Campo Maior, a Prefeitura de Campo Maior realizou a 15ª Copa Rural, que contou com a participação de 25 comunidades nessa edição. O São Pedro foi o campeão ao vencer, na final, o time do River Plate, do Alto do Meio.

A partida final aconteceu na noite desse sábado, no iluminado estádio Deusdethi Melo. O time do São José marcou o gol do título já no segundo tempo. E nos minutos finais houve muitas emoções e chances de gol, mas o placar ficou em 1x0.

Após muitas emoções e o apito final do jogo, o prefeito Professor Ribinha entregou a premiação aos campeões. O time da comunidade São Pedro recebeu R$ 5 mil em prêmios.

Antes da partida final do Copão Rural, houve uma preliminar festiva entre os times Amigos do Federal e Lojão dos Pneus. Amigos do Federal, com Paulo Martins, Aluísio Martins e companhia, perdeu por 5 a1 dos visitantes.

Fonte: Ascom

Hospital de Campo Maior receberá UTI com 10 leitos

Os 16 municípios da região de Campo Maior, que abrangem a população de 176 mil habitantes do Território Carnaubais, serão beneficiados com a construção de 10 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Campo Maior. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, em visita ao município nesta quinta-feira, 24.

A obra no valor total de R$1,6 milhão já tem recursos garantidos por emendas parlamentares da senadora Regina Sousa e do deputado federal Assis carvalho de R$899 mil e R$700 mil pelo Tesouro Estadual.

Parte dos equipamentos para a UTI já foram adquiridos e entregues ao hospital e “outros estão em licitação, todos com recursos garantidos por emendas parlamentares da senadora Regina Sousa e do deputado federal Assis carvalho, como também por emenda de bancada. Com isso investiremos mais de R$2 milhões na saúde da macrorregião de saúde entre equipamentos para o hospital, UTI e UPA”, disse Florentino Neto.

A Unidade de Pronto Atendimento de Campo Maior está em fase de conclusão da obra e aquisição de equipamentos e tem previsão de inauguração ainda este ano. “A UPA está vindo para somar numa reorganização do serviço de saúde da região onde ela tem a função de obsorver o paciente de urgência e emergência que posteriormente pode ser encaminhado para o Hospital Regional de Campo Maior ou outro hospital referência que tenha capacidade de atendimento”, explica Jardênia Ribeiro, diretora geral do hospital.

Ainda de acordo com a diretora, o hospital que realiza a média de 32 mil atendimentos por mês, continuará oferecendo atendimento de ambulatório e laboratório “agora específico para o que ele vai necessitar, aumentando o grau de complexidade dos serviços e exames existentes com a implantação da UTI vamos precisar de exames mais complexos e o laboratório vai completar esse sistema que está sendo formado em Campo Maior”.

Outro compromisso firmado entre o Governo do Estado e prefeitos da região foi a assinatura de convênios liberando recursos para compra de equipamentos, medicamentos, insumos e manutenção das Unidades Básicas de Saúde dos municípios de Jatobá, Boqueirão, Nossa Senhora de Nazaré e Sigefredo Pacheco com emendas do deputado estadual Aluízio Martins.

 

Da redação
redacao@cidadeverde.com

Preso homem acusado de estuprar e aplicar facada na namorada

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Polícia Civil de Campo Maior-PI, prendeu, na tarde do dia 24 de agosto de 2017, Francisco Janes da Silva, de 27 anos, acusado de  ter estuprado e apunhalado a sua companheira pelas costas no dia 06 de agosto passado.

A prisão de Francisco aconteceu no Mercado Público de Campo Maior, por volta das 16 horas. Ele não resistiu à prisão e foi levado para Delegacia do 1º Distrito Policial, onde foi interrogado pela delegada Camila Rodrigues Miranda.

A delegada disse que a vítima, fragilizada com as agressões, foi transferida para Teresina, em estado grave, e relatou, ainda no Hospital, ter sido agredida fisicamente durante todo o relacionamento.

Camila disse que, após o relato da mulher, iniciou-se uma intensa investigação para localizar o acusado e garantir a segurança da vítima. Janes está preso preventivamente pelos crimes cometidos contra a companheira e agora está à disposição da Justiça.

Fonte: portaldecampomaior

AMORARTE: 2 dias de feira renderam quase R$ 50 mil para artesãos

O prefeito e a secretária de Desenvolvimento Social de Campo Maior, Nilzana Gomes, comemoraram os resultados da 1ª Feira de Artesanato dos Carnaubais, (AMORARTE), e apresentaram os dados referente ao evento.

Com renda de R$ 47.300 ( Quarenta e sete mil e trezentos reais) ,para os Artesãos (venda de Artesanato ) e empreendedores que participaram na praça de alimentação, durante a realização do evento, dentro da programação do aniversário dos 255 anos de Campo Maior, os organizadores comemoram os resultados financeiros.

O prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, disse que a AMORARTE, com a divulgação de seu relatório  financeiro, comprova a importância econômica do evento, que foi realizado nos dias 05 e 06 de agosto com o objetivo de incentivar o artesanato da região dos Carnaubais.

A secretária Nilzana Gomes informou que, além dos números, a equipe da SEMAS realizou duas pesquisas para avaliar o nível de satisfação dos artesãos e do público que participaram dos dois dias de feira.

Fonte: Ascom

Festa do Vaqueiro movimenta o domingo na comunidade Pau Arrastado

A comunidade Pau Arrastado, em Campo Maior, está em festa. Acontece até o próximo dia 25.08, o Festejo de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padroeira da comunidade. E nesse domingo, 20, foi realizada a Festa do Vaqueiro. Na programação cavalgada, missa, almoço e distribuição de brindes.

A festa foi prestigiada por vaqueiros da região de Campo Maior e foi organizada pela comissão. As atividades do Dia do Vaqueiro começaram pela cavalgada, que iniciou na PI-222 (Estrada de Coivaras ) e seguiu até a Igreja de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, em Pau Arrastado, onde foi celebrada uma missa pelo monsenhor Paulo Mateus.

O prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, prestigiou o evento. O gestor estava acompanhado de secretários Marcelo Miranda (saúde), Carlos Torres (Relações Institucionais), do vereador Luís Lima e do presidente da FUNDESPI, Paulo Martins.

Fonte: Ascom

Campo Maior construirá creche para atingir 10 mil matriculas em 2018

A meta do prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, é matricular 10 mil alunos nas escolas da rede municipal de Educação em Campo Maior. Para isto, na manhã desta quarta-feira (16.08) ele e a secretária de Educação Conceição Lima e a vice-prefeita Liége Cavalcante assinaram ordem de serviços para a construção de uma creche Modelo, tipo 2, padrão FNDE, no Bairro Parque Estrela.

Por enquanto o número de alunos da rede é 9.024. A creche vai acomodar mais de 120 alunos da comunidade e região. Na semana passada, ele inaugurou mais uma escola, na comunidade São Joaquim, a Zenita Pires Ferreira, com capacidade para receber mais alunos, além dos 200 que já existem.

O recurso para a construção da creche no Parque Estrela é da ordem de R$ 1.235.108,3. A unidade que será construída na Avenida São Tomás de Aquino, com área total de 890,73 m², vai receber o nome da saudosa professora e escritora Marlene Mourão, que residia no Bairro.  O início da obra, segundo o prefeito, será nesta quarta-feira (16.08) com previsão de término em 17.08.2018.

"Esta creche vai mudar a vida de muita gente, e o nosso proprósito como gestor, o compromisso que  assumimos foi de melhorar, mudar, contribuir com a melhoria na vida das pessoas do município", disse o prefeito. Atualmente as crianças estudam na Escola Nossa Senhora de Fátima, que está pequena para acomodar o alunado do Bairro e da região.

"Esta obra vai criar condições e segurança aos professores e alunos; e às famílias, dar condição de colocarem seus filhos para estudarem numa creche com este padrão de qualidade. Vai ser a primeira da história de Campo Maior com este padrão", destacou o prefeito, anunciando que em breve Campo Maior vai ganhar outra no Conjunto Renascer, maior, tipo 1, no valor de R$ 1.800,00. "Em breve estaremos anunciando o início da obra", garantiu o prefeito.

A secretária Conceição Lima  disse que esta creche terá muita importância e um significado muito especial. "É na primeira infância que é formado o caráter de um ser humano e será aqui nesta creche onde os valores éticos e morais serão impregnados no comportamento e na personalidade destas crianças que vão adentrar neste espaço", refletiu a secretária Conceição Lima.

Presente a solenidade de assinatura da ordem de serviços o presidente da Associação do Bairro, José Francisco Costa, "O Zezinho", o vereador Luís Lima representando a Câmara, secretários municipais, presidentes de Associações Comunitárias, professores e populares.

A Dona de casa Maria Fernanda de Sousa e o seu marido, que tem uma criança de menos de seis meses e estavam na solenidade, contaram, que a construção da creche é uma ação maravilhosa. "A Escola mais próxima de quem mora no Bairro será interessante para todos", disse a dona de casa, que reside na Avenida Alto Longá. Ela tem uma filha com menos de seis meses e a levou para o ato, já com a certeza de que terá uma escola no futuro para ela estudar perto de casa e com um padrão de qualidade.

Fonte: Ascom

Campo Maior: imagem de São Francisco vai ganhar santuário

Santa Úrsula é uma comunidade da zona Rural de Campo Maior. Lá foi erguida uma curiosa imagem de São Francisco, de 5 metros de altura, que foi construída no mesmo lugar em que  foi achada uma miniatura do santo católico. O lugar já passa a ter uma visitação de fieis regular e a comunidade pediu ao poder público municipal que construa um santuário.

A comunidade Santa Úrsula festejou a sua padroeira (de mesmo nome) recentemente no período de 2 a 12 de agosto. O prefeito de Campo Maior Professor Ribinha esteve presente na festa religiosa da localidade e em conversa com a líder comunitária, Zildene Mourão,  recebeu a solicitação para a construção do santuário.

O prefeito participou da ultima novena e disse que vai enviar uma equipe técnica da Superintendência de Obras para elaborar o projeto do santuário. O prefeito disse que no local já foi construída, pela Prefeitura de Campo Maior, uma praça e agora a capela de Santa Úrsula está ganhando um adro.

A líder comunitária disse que pediu ao prefeito para que seja construído uma espécie de santuário para proteger a imagem e ainda dar um conforto maior aos fieis visitantes.

Zildene lembra que a imagem foi erguida pelo seu irmão, o comerciário Rilmar Mourão, após fazer a promessa de construir a imagem gigante de São Francisco, caso ganhasse a graça de encontrar a sua miniatura que havia perdido no local anos antes. A pequena relíquia católica foi encontrada enterrada. “Ele construiu a imagem de São Francisco porque é devoto”, finalisa Zildene.


Fonte: Ascom

Jovens que estão fora da escola em Campo Maior podem retornar aos estudos

A Secretaria de Educação de Campo Maior, por meio da coordenação de Educação de Jovens e Adultos- EJA Regular faz um chamado a todos os alunos a partir de 15 anos até a idade adulta, que não tiveram a oportunidade no tempo certo para se escolarizar e que estão fora da escola, a procurar uma unidade de ensino EJA para fazerem suas matrículas. Segundo a coordenadora do EJA no município - Isaura Lustosa, o índice de pessoas que não possui as instruções primárias (analfabeto) ainda é muito grande. 

"Aqui em Campo Maior existem sete escolas que funcionam com EJA municipal, cinco delas na zona urbana e duas na rural", disse a coordenadora, ressaltando, que na cidade são: A escola municipal Raio de Esperança (Flores), CAIC (Fripisa), Dr.Milton Soldani Afonso (Cidade Nova), Mariema Paz (Centro) e Águida Maria da Conceição (Alto do Meio).

Na zona rural: No Porção II, fica a escola Deinha Andrade  e na localidade Água Fria a Escola Lonoca Gaioso. O ensino funciona de segunda a sexta-feira, a partir das 19h, e vai até às 21h50. "Nós temos o primeiro ciclo que vai até o 5º ano e o segundo que vai do 6º ao 9º ano", explicou Lustosa. Os alunos que se matriculam recebem material didático gratuitamente.

"Atualmente existem 432 alunos matriculados nesta modalidade de ensino, um número considerado pequeno levando em conta a grande quantidade de jovens e adultos fora da escola, que precisam dar continuidade aos estudos. A EJA prepara o cidadão que está fora da escola para o mundo, o dando uma nova oportunidade de se profissionalizar e conquistar um espaço melhor no mercado de trabalho. No município temos até o nono ano, que corresponde ao ensino fundamental, na rede estadual tem o ensino médio", orientou Isaura Lustosa.

Fonte: Ascom

Estrada esperada há 70 anos acaba o isolamento e ajuda a escoar produção

Para alguns moradores é a redenção econômica e para outros é o instrumento que tira do isolamento centenas de pessoas. Mas todos concordam que os 14 quilômetros da estrada da comunidade Esmeralda, na região dos Corredores, em Campo Maior é uma grande ação do Município, que mudou a realidade da população local.

O prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, fez nesse sábado, 12.08, a visita técnica à comunidade Esmeralda e Cajazeiras, onde as máquinas e homens da Prefeitura de Campo Maior concluem os 14 quilômetros da estrada que tira da região do isolamento, proporciona o escoamento da produção agrícola e a interliga os municípios de Campo Maior e Coivaras.

O prefeito, que estava acompanhado dos secretários Lustosa (Limpeza e Iluminação) e Carlos Torres (Relações Institucionais), ouviu os agradecimentos dos moradores que esperavam pela estrada há 70 anos.

Ribinha visitou a casa do agricultor Francisco da Costa, de 76 anos, mais conhecido como Chico Coco. O chefe da família Costa disse que a estrada vai facilitar o acesso dos netos à escola. “Meus netos precisam ter a oportunidade estudar que eu não tive, por isso estou feliz com a estrada”, diz emocionado Chico Coco.

O produtor de melancias, José Matias, conhecido como Zezé, disse que já estava pensando em desistir de plantar melancias porque não tinha estrada para escoar, mas com a construção da vicinal mudou de ideia e já está planejando até em aumentar a produção. “A estrada é a porta do progresso, por isso vou continuar produzindo”, disse o produtor.

O jovem casal Paulo e Layane, que moram na comunidade há seis anos, já planejavam mudar para outra região, porque não suportavam mais viver isolados. Layane disse que a construção da estrada fez ela alterar os planos e resolveu seguir morando no lugar em que o marido nasceu. “Aqui moram os pais do meu marido e com a construção da estrada vejo outras oportunidades surgindo”, declara.  

Fonte: Ascom

Pescador morre afogado no Rio Longá

Um pescador, conhecido como Joaquim Leitão, morreu afogado na tarde desse sábado (12) no Rio Longá, na cidade de Campo Maior, distante 78 quilômetros de Teresina.    

Segundo o delegado plantonista Andrei Alvarenga, do 1º Distrito Policial de Campo Maior, Joaquim se distanciou do grupo que pescava com ele no rio, foi arrastado pela força da água para o local mais fundo e acabou se afogando. 

“Ele e um grupo de pessoas saíram de Capitão de Campos para pescar no Rio Longá em Campo Maior. Em determinado momento ele se afastou para um local mais fundo e terminou morrendo afogado. Nem mesmo deu tempo dos amigos tentarem salvar ele devido a distância que se encontrava dos demais”, disse o delegado. 

O corpo foi resgatado e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Teresina. 


Fonte: Portal Em Foco
redacao@cidadeverde.com 

Posts anteriores