Cidadeverde.com
Diversidade

Matizes lança CARTA ABERTA À POPULAÇÃO LGBT DO PIAUÍ

Prezad@s LGBTs piauienses,

 

 Em 2010, mais uma vez teremos eleições gerais para Presidente, Governador(a), Senador(a), Deputado(a) Federal e Deputado(a) Estadual. Até outubro, seremos cortejadas(os) por candidatas(os) das mais variadas matizes ideológicas e partidárias, afinal, somos uma parcela expressiva do eleitorado piauiense. Por isso, muitas promessas mentirosas e sem sentido agredirão nossos ouvidos.

 

Cuidado com as(os) hipócritas que dizem nos apoiar, mas se recusam a participar de eventos como a Parada da Diversidade, o Dia do Orgulho LGBT, o Dia da Visibilidade Lésbica e o Dia de Luta das Travestis.

 

Candidatas(os) que, realmente, são comprometidas(os) com a bandeira da diversidade não têm medo de se manifestar publicamente a favor da efetivação dos direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. LGBT consciente não se ilude com falsas promessas e vota a favor da diversidade.

 

VOTAR A FAVOR DA DIVERSIDADE É ESCOLHER CANDIDATAS(OS) QUE...

 

 

► ....se proponham, abertamente, a colocar seus mandatos a favor da implementação ações que contribuam para o enfrentamento da discriminação contra mulheres, negras(os), pessoas com deficiência, idosas(os) e todos os outros grupos socialmente inferiorizados;

 

► ...não se envergonham de levantar (e segurar!) a bandeira e vestir a camisa em favor da diversidade sexual;

 

► ...respeitam a liberdade religiosa e combatem a discriminação contra as religiões de matriz africana;

 

► ...saibam separar suas convicções religiosas das suas ações como agente público;

 

► ... procuram conquistar seu voto através do convencimento e da apresentação de propostas - e não através do poderio econômico e troca de favores;

 

► ... tenham ficha limpa.

 

Votar a favor da diversidade faz a diferença!

 

Grupo Gay de Piripiri promove Parada da Diversidade

O  município de Piripiri vai abraçar  a Diversidade sexual durante a 3ª Edição da Pirigay que acontecerá dia 30 de julho na Praça da Bandeira, centro da cidade. Com o tema "Saindo do Armário", o GGP (Grupo Gay de Piripiri) quer desconstruir preconceitos homofóbicos.


 

Segundo os organizadores do Pirigay, o evento pretende sensibilizar a população local para o respeito à cidadania LGBT e de outros segmentos sociais.

 

A Festa da Diversidade contará com  a participação de Drag Quens, transformistas além da Banda Odear que tocará  ritmos do cenário musical brasileiro.

 

Preparativos para a 9ª Parada da Diversidade

 

O Grupo Matizes reunirá hoje, às 17h, no Memorial Zumbi dos Palmares   os parceiros para discutir sobre a 9ª Parada da Diversidade, que acontecerá no dia 27 de agosto. Com o tema "(Con)VIVER com a DIVERSIDADE faz a DIFERENÇA", o Matizes espera agregar, ainda mais, outros grupos socialmente inferiorizados (negros, mulheres, pessoas com deficiência, pessoas vivendo com HIV/AIDS, dentre outros). 
A expectativa da organização da 9ª Parada da Diversidade é que o evento conte com a participação de pelo menos 40 mil pessoas.

Matizes traz pesquisador em comunicação para lançar obra

Dentro das atividades  da programação da 6ª Semana do Orgulho de Ser, que ocorre de 22 a 27 de agosto com o tema  “Conviver com a DIVERSIDADE faz a diferença”, será lançado  o livro “A TV NO ARMÁRIO – a identidade gay nos programas e telejornais brasileiros” de Irineu Ramos,  jornalista paulista e estudioso das relações entre gênero, sexualidade e mídia.



A obra faz um mapeamento do discurso televisivo a partir de programas de humor, novelas e telejornais para revelar preconceitos  que permeiam essas produções midiáticas e são reducionistas na percepção das homossexualidades em suas múltiplas formas de expressão.

 

Entre outras atividades, Irineu Ramos participa  do grupo de Estudos “Estética, Mídia e Homocultura” da Universidade de São Paulo (USP) e também é palestrante da Coordenadoria de Assuntos da Diversidade Sexual (Cads),  órgão da Prefeitura de São Paulo.



4ª Caminhada da Acessibilidade: "Viver e não ter a vergonha de ser feliz"


Data: 12/06/2010 (sábado), a partir das 7h

Saída: Frei Serafim

O arco-íris do amor de iguais

O Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, através da Corregedoria-Geral de Justiça editou no último dia 08, o Provimento 36, dispondo sobre a lavratura de Escritura Pública de Declaração de Convivência de União Homoafetiva.  

Até então, os Estados do Rio Grande do Sul, Piauí e Pernambuco eram os únicos a terem determinação expressa para registro das uniões estáveis entre pessoas do mesmo sexo.

No Piauí, os casais homoafetivos registram suas uniões estáveis em Cartório desde junho de 2008, quando foi publicado o Provimento nº 09/2008, determinando que os Cartórios Cíveis procedessem ao registro dos contratos de união estável entre pessoas do mesmo sexo. O Provimento foi editado após requerimento do Grupo Matizes ao Corregedor Geral da Justiça à época, Des. Raimundo Nonato da Costa Alencar.

Os casais interessados em registrar suas uniões devem apresentar os seguintes documentos:  identidade, CPF, certidão de nascimento ou de casamento (com a devida averbação da separação judicial ou divórcio). No caso do contrato, além dos conviventes, duas pessoas maiores e capazes devem assinar como testemunha.

A oficialização garante aos casais documentação probatória de dependência econômica também para previdência social, companhias de seguro e instituições financeiras dentre outras questões.

Posts anteriores